Header Ads

APRESENTAÇÃO: Honda Civic Tourer (MY 2014)

Desenhada e desenvolvida na Europa para os seus consumidores, tal como a versão de 5 portas, a carrinha do Civic conta com um perfil distinto e sofisticado, além de uma grande versatilidade interior. A capacidade anunciada da bagageira é de 624 litros e a modularidade de transporte é aumentada através dos “bancos traseiros mágicos” da Honda. Quanto a motores, o mais interessante é sem dúvida a associação ao bloco 1.6 i-DTEC (diesel), propondo ainda um 1.8 i-VTEC a gasolina, com transmissão manual ou automática. Inédito é o novo sistema de amortecimento adaptativo (ADS), que realça a estabilidade e o conforto, independentemente da quantidade da carga ou das condições de condução em cada momento da condução. Confira mais dados e imagens já a seguir.

A primeira carrinha Honda foi a Aero Deck, derivada do Accord de 3 Portas, introduzida em 1986.
O primeiro Civic Aero Deck foi revelado em 1998 e foi o primeiro modelo Honda desenhado exclusivamente para a Europa, tal como esta nova versão de que a seguir se fala.
Com um aspecto bastante dinâmico, o seu design exterior desportivo e sofisticado possui um estilo definido por uma linha contínua estabelecida entre os pilares A e D, criando a impressão de ter um tejadilho flutuante.
A área envidraçada da janela traseira foi estendida de forma a cobrir a estrutura do pilar D, enquanto a faixa da porta traseira foi aumentada 17 mm, em comparação com a do Civic 5P (ver AQUI todos os detalhes sobre este modelo), para assegurar carácter ao modelo.

Dimensões e quotas de habitabilidade

Apesar de, no total, ser apenas 23,5 cm mais comprida do que o Civic 5 Portas, o que a torna na Carrinha mais compacta do segmento C, o Civic Tourer oferece uma bagageira com espaço líder da classe.
Na realidade, o exterior largo e rebaixado dissimula um dos interiores mais espaçosos entre todas as propostas do segmento C. E embora a altura e a largura do Civic Tourer sejam idênticas às do Civic 5 Portas, a linha ligeiramente elevada do tejadilho garante mais espaço para as cabeças dos passageiros do banco traseiro.
A versatilidade é aumentada pela plataforma única do Civic que, ao beneficiar da colocação do tanque de combustível por baixo dos bancos dianteiros, permite à Tourer conservar a configuração dos bancos mágicos traseiros e assegurar níveis de habitabilidade referenciais nos segmentos C e D.
Os "Bancos Mágicos" traseiros da Honda permite rebatê-los com um único e simples movimento ou virar os assentos para cima para poder transportar objectos altos.
A área de bagagem consegue acomodar 2 bicicletas de montanha ou 3 malas largas Samsonite sem a chapeleira recolhida. É de 624 litros o espaço de bagagem até à janela sem o rebatimento dos bancos e de 1668 litros, até ao tecto, com os bancos traseiros rebatidos.
A cobertura da bagagem é do tipo convencional de enrolar e pode ser desmontada e guardada num pequeno compartimento por baixo do chão da bagageira.
O acesso à bagageira ficou também mais fácil ao reduzir a altura ao solo da plataforma de carga, ficando a escassos 56,5 cm do solo.
Este é o quadro comparativo entre as versões de 5 portas e carrinha:

CIVIC TOURER
Civic 5 Portas
Dimensões (CxLxA)
4.535/1.770/1.480*
4.300/1.770/1.470
Volume do compartimento de bagagem

Bancos na vertical, até à cobertura da bagageira
(em litros)
624*
477

Bancos na vertical, até à cobertura da bagageira
(em litros)
1.668*
1.378
Altura de carga (mm)
565*
702

Tecnologia Avançada e Eficiente.

A carrinha Civic Tourer terá a motorização 1.6 i-DTEC da geração Earth Dreams Technology e a motorização 1.8 i-VTEC com transmissão manual ou automática.
O novo motor 1.6 i-DTEC é o diesel mais leve na sua classe. Todas as peças rotativas foram cuidadosamente optimizadas de forma a diminuir a fricção, ajudando a obter uma excelente economia de combustível.
Possui uma cabeça de motor em alumínio montada um bloco de topo aberto também em alumínio e pesa menos 47 kg do que o motor 2.2 litros i-DTEC. Todos os componentes individuais foram redesenhados para minimizar o peso e o tamanho, com a aplicação de técnicas de produção avançadas a ajudarem a reduzir ainda mais o peso. A espessura das paredes dos cilindros foram reduzidas de 9 mm, no motor 2.2 litros i-DTEC, para 8 mm. Foram também usados pistões e bielas mais leves.
Com 120 cv de potência e um binário máximo de 300 Nm disponível às 4000 rpm, oferece um consumo combinado de apenas 3,8 litros para emissões médias de 99 g de CO2 por km.
Quanto ao motor 1.8 litros i-VTEC a gasolina, este pode ser acoplado a uma transmissão manual ou automática. Apresenta emissões de CO2  a partir de apenas 148 g por km.
Com 142 cv é sem dúvida a versão mais desportiva do Civic Tourer. A velocidade máxima passa para 210 km/h e a capacidade de aceleração melhora também cerca de 1 segundo face à versão diesel.
Mais abaixo encontra-se um quadro comparativo.
Comum aos dois motores é o Sistema de Paragem Automática ao Ralenti nas versões de transmissão manual.
O novo Civic Tourer está ainda equipado com a tecnologia única Eco Assist™ da Honda, que ajuda o condutor a obter a máxima eficácia de condução. Este sistema usa o velocímetro do automóvel para alertar o condutor relativamente ao tipo de condução praticada e qual o seu impacto nos consumos. Se o carro for conduzido de forma económica, o mostrador fica verde. Se o condutor exceder ligeiramente o melhor nível de controlo da aceleração, o mostrador alterna entre branco e verde. Finalmente, em aceleração e desaceleração fortes, o mostrador fica branco.
O funcionamento deste sistema é ajudado pela opção oferecida pelo modo ECON que, uma vez activado, altera a programação do sistema de acelerador electrónico ("drive-by-wire") de forma a assegurar um aumento suave no binário, para uma condução mais descontraída e de maior eficiência de combustível.
MOTOR

1.6 i-DTEC (MT)
Versão Comfort

1.8 i-VTEC (MT)
Versão Comfort

1.8 i-VTEC (AT)
Versão Comfort

4 válvulas por cilindro
Diâmetro x Curso
mm
76x88
81 x 87,3
Cilindrada
cc
1.597
1.798
Relação de compressão
16
10,6
Potência máxima (Motor)
kW/CV
88/120
104/142
às rpm
4.000
6.500
174
4.300
Binário máximo (Motor)
Nm
300
às rpm
2.000
Combustível
Gasóleo
Gasolina 95

Velocidade máxima
     km/h
195
210
205
Aceleração de 0 a 100 km/h
10,1
9,2
10,9
Consumos
Ciclo urbano (l/100 km)
4,2
7,7
8,9
Extra urbano (l/100 km)
3,6
5,3
5,2
Combinado (l/100 km)
3,8
6,2
6,5
CO2 (g/km)
99
146
153

Sistema de Amortecimento Adaptativo (ADS)

carrinha Civic Tourer é o primeiro automóvel de produção do mundo a ser equipado com um sistema de suspensão traseira adaptável.
Este sistema regula, de forma automática e instantânea, a suspensão traseira às condições de condução do momento. Isto permite ao automóvel permanecer confortável numa condução à velocidade de cruzeiro em auto-estrada, mas também firme e ágil quando solicitado para uma condução mais empenhada.
Este sistema tem três posições - conforto, normal e dinâmico - todas desenvolvidas para melhorar a estabilidade e o conforto nas mais variadas situações de carga e/ou condução.
Na posição Confort, o sistema cria uma base mais macia para os amortecedores, enquanto o modo Dynamic torna a suspensão mais rija, com foco numa maneabilidade dinâmica. Independentemente do modo seleccionado, o sistema de suspensão traseira adaptável ajusta a força de amortecimento de acordo com as acções do condutor e as condições de condução.
O Civic Tourer possui a mesma suspensão dianteira McPherson e barra traseira de torção usadas no Civic 5 Portas, embora ajustadas à nova estrutura.
Detalhes e imagens sobre este sistema estão AQUI.

Segurança abrangente

Tal como com todos os automóveis Honda, a segurança foi um aspecto tido em primeira linha de conta durante a fase de design do Civic Tourer, especialmente no que respeita à integração dos sistemas de segurança activa que, juntos, formam o denominado pacote de Sistema Avançado de Assistência à Condução (ADAS - Advanced Driving Assist System).
A Honda introduziu uma nova gama de sistemas de segurança activos com base em sensores que recorrem a uma combinação de câmaras e tecnologias Lidar (de base Laser) e de radares de curto alcance. O Civic Tourer usa estas tecnologias e diversas outras características de segurança avançadas para oferecer um elevado nível de segurança em todas as condições, para a mais completa paz-de-espírito de condutor e passageiros:
- Sistema de Travagem Activa em Cidade, especificamente concebido para ajudar a evitar ou a amenizar os acidentes a baixa velocidade. Quando o sistema detectar um risco de colisão, o condutor é avisado por intermédio de um alerta visual e audível. Se o sistema identificar que o risco de colisão se mantém, aplica automaticamente os travões caso detecte o risco iminente de uma colisão. Funciona a baixa velocidade (32 km/h ou menos) e foi concebido para detectar carros e camiões.
- Avisador de Colisão à Frente, detecta o risco de ocorrência de uma colisão reconhecendo o veículo directamente à frente. Funciona quando a velocidade do carro é igual ou superior a 15 km/h. O sistema funciona por meio de alertas sonoros e visuais e a distância de alerta pode ser regulada segundo a preferência do condutor. O condutor pode ainda desligar este sistema.
- Sistema de Suporte dos Máximos, liga ou desliga automaticamente os máximos dos faróis caso hajam veículos (carros, motos ou camiões) e/ou bicicletas que circulem em sentido contrário ou no mesmo sentido, para além de considerar também as luzes ambiente existente em cada situação. Funciona a velocidades iguais ou superiores a 40 km/h, o condutor pode desligá-lo em qualquer altura.
- Avisador de Saída de Faixa , usa a câmara multi-funções para detectar as marcações da estrada e as divisões das faixas de rodagem. Se o carro se desviar sem indicação da faixa em que actualmente segue, alerta o condutor de forma audível e visual. O sistema funciona a velocidades iguais ou superiores a 64 km/h e em curvas de raio igual ou superior a 250 metros. O condutor pode desligar este sistema em qualquer altura.
- Sistema de Reconhecimento de sinalização de trânsito, usa a câmara multi-funções para reconhecer automaticamente os sinais de trânsito sempre que o veículo se desloca em marcha-à-frente. O sistema reconhece automaticamente os sinais de trânsito e apresenta-os no ecrã inteligente multi-informações (iMID) assim que o veículo passa pelo sinal.
Este sistema foi concebido para detectar sinais de trânsito de formato circular com indicação de limites de velocidade e de "proibição de passagem". É possível apresentar dois sinais de trânsito em simultâneo – o lado direito do mostrador apenas mostra sinais de indicação de limite de velocidade; do lado esquerdo, são apresentados os sinais de indicação de "proibição de passagem" e limites de velocidade com informações adicionais, tais como, por exemplo, o estado do tempo.
O sistema TSR consegue decidir se um determinado sinal é, ou não, relevante para um determinado veículo e só o apresenta caso seja. Por exemplo, sinais de indicação de limites de velocidade destinados especificamente a veículos pesados não são apresentados. O sistema TSR pode sempre ser visualizado através da respectiva página dedicada no i-Mid ou pode ser seleccionado para apresentação por baixo do mostrador normal.
- Informação de Ângulo Morto, usa a tecnologia de radar para detectar automaticamente a existência de veículos no ângulo morto de visão do condutor, alertando-o quanto a perigos potenciais quando o veículo se desloca a velocidades superiores a 20 km/h. O sistema foi concebido para detectar carros e camiões e ajudar o condutor em situações de ultrapassagem e entrada ou troca de faixa de rodagem.
Quando um veículo entra no ângulo morto de visão do condutor é apresentado um alerta visual no espelho da porta. Este alerta é mantido até o veículo sair do ângulo morto. Se o condutor ligar o pisca de direcção enquanto houver um veículo no ângulo morto, a indicação visual começa a piscar e ouve-se um outro alerta de forma a avisar o condutor do perigo potencial. O condutor pode desligar este sistema, com o veículo parado.
- Monitor de Trânsito Lateral. Durante a realização de manobras de marcha-atrás, o sistema CTM da Honda alerta o condutor quanto a eventuais veículos em aproximação, usando sensores de radar colocados nos cantos traseiros do carro. A direcção do veículo em aproximação é visualizada no ecrã da câmara traseira ou apresentada por meio de setas que indicam a direcção de deslocamento desse veículo no ecrã do i-MID; ouve-se, ainda, um alerta. Este sistema foi concebido para detectar carros e camiões que se desloquem a uma velocidade até 25 km/h e pode ser desligado pelo condutor a qualquer altura, com o veículo parado.
- Controlo da Velocidade de Cruzeiro Adaptável. Permite ao condutor escolher a velocidade do veículo e a distância mínima a que este seguirá em relação ao veículo da frente. Caso essa distância se torne inferior ao nível definido, o sistema desacelera instantaneamente o veículo. Caso seja necessária uma desaceleração mais rápida, o sistema ACC alerta o condutor para aplicar os travões usando alertas visuais e audíveis.
- Sistema de Travagem Atenuante de Colisões, monitoriza a distância de seguimento e a relação de aproximação entre o veículo e o veículo directamente à frente (carro ou camião), alertando o condutor se for provável ocorrer uma colisão e ajudando a reduzir a velocidade de impacto se a colisão for inevitável.
O Civic Tourer também está equipado com a vasta gama de características de segurança activa, presentemente disponível no Civic 5 Portas. Estas incluem:
- Sistema de Assistência à Estabilidade do Veículo, concebido para ajudar o condutor a manter o controlo ao curvar, acelerar e nas manobras repentinas, através da aplicação de assistência de travagem a qualquer uma das rodas e modulando o binário do motor, conforme necessário em cada um dos casos.
- Sistema de Travagem Anti-bloqueio, complementado por uma função de distribuição electrónica da travagem (EBD - Electronic Brake force Distribution). Regula o esforço de travagem entre a dianteira e a traseira para se obter o máximo de performance de travagem e de estabilidade, com base na velocidade do veículo.   Esta função é acrescida pelo sistema ESS, que activa automaticamente os travões e acende os piscas de emergência também de forma automática quando for detectada uma situação de travagem de emergência. Os piscas acendem e apagam de forma rápida para alertar os outros condutores que o veículo vai parar de repente, reduzindo assim o risco de colisão.
- Cintos de segurança de três pontos e enroladores de bloqueio de emergência (ELR) em todos os lugares, airbags dianteiros, laterais e de cortina, a todo o comprimento, para a protecção total dos ocupantes.

1 comentário: