Header Ads

APRESENTAÇÃO: Peugeot 3008 HYbrid4

É o primeiro automóvel Full Hybrid Diesel no mercado, já que associa um motor a gasóleo a uma unidade eléctrica. Além da tracção total, garante um elevado nível de prestações com baixos consumos e emissões de CO2, o que também lhe permite uma enorme vantagem fiscal. Chega a Portugal por cerca de 36 mil euros, 6000 euros a menos do que a versão equivalente equipada somente com o mesmo motor diesel 2.0 HDI.
A tecnologia HYbrid4 consiste na hibridação de um motor térmico (um 2.0 HDi FAP de 120 kW / 163 cv), que acciona as rodas da frente, com um motor eléctrico com uma capacidade máxima de 27 kW (37 cv), que movimenta as rodas traseiras.
A opção deve-se ao facto de um bloco diesel possuir consumos reduzidos e ter emissões de CO2 controladas. A associação com a tecnologia “Stop & Start”, de nova geração, permite obter um consumo, em ciclo misto, de apenas 3,8 l/100 km e emissões a partir de 99 g/km de CO2.
Algo notável num crossover de 4,36 m, com 4 rodas motrizes e 200 cv de potência. Existe ainda o modo ZEV (Zero Emission Vehicle), capaz de o fazer circular apenas com recurso ao motor eléctrico.

Estruturas individuais

O conjunto é gerido electronicamente (“by wire”), sem ligações mecânicas entre a frente e a traseira.
Os dois motores podem funcionar de forma alternada ou simultânea.
O motor térmico é indicado para trajectos extra-urbanos, continuando a ser o mais eficaz e o mais polivalente para assegurar a mobilidade de qualquer veículo.
O motor eléctrico entra em acção durante os arranques, na circulação a baixa velocidade ou nas desacelerações (recuperação de energia). Isso corresponde, justamente, às utilizações mais pertinentes, com é o caso da condução urbana.
De destacar a simplicidade de escolha dos 4 modos de condução permitidos: ZEV (Zero Emissões), 4WD (4 rodas motrizes), Sport (onde surge o maior potencial dinâmico do 3008 HYbrid4) e Auto (a electrónica gere automaticamente o sistema, ao solicitar de forma óptima os motores térmico e eléctrico).

Incremento da potência

A passagem do motor térmico ao motor eléctrico é feita automaticamente pelo “STOP & START”. Este faz hibernar e arrancar o motor térmico cada vez que as condições o exigem.
Porém, os dois motores podem também funcionar conjuntamente em certas condições de circulação - efeito «boost» -, como é o caso de acelerações fortes, por exemplo, para efeitos de ultrapassagem.
As performances do HYbrid4 são directamente comparáveis às obtidas com um único motor térmico de cilindrada superior, o que permite ao condutor beneficiar de grande liberdade de condução.
À performance em estrada associa-se a possibilidade de circular apenas em modo eléctrico, de modo sereno e em pleno respeito pelo ambiente.

Novembro em Portugal

O reduzido nível de consumo de combustível e consequente redução de emissões do 3008 HYbrid4 são decisivos no apuramento da carga fiscal que incide sobre o preço dos veículos em Portugal. É por isso que, comparativamente à versão animada pelo motor 2.0 HDi de 150 cv, o 3008 HYbrid4 tem um ISV cerca de 6.000€ inferior.
Produzido em França, chegará a Portugal no próximo mês de Novembro com um preço a partir de 35.950 €.



Sem comentários