Header Ads

APRESENTAÇÃO: Citroën C3 (MY 2014). Preços e características.

Reforçando e enriquecendo as qualidades do seu antecessor, o novo C3 redobra os argumentos de sedução. Com mais de três milhões de exemplares vendidos desde 2002, este renovado utilitário mantém o seu pára-brisas Zénith com a melhor visibilidade do segmento, mas oferece uma secção dianteira mais jovial, novas motorizações mais eficientes, novos faróis traseiros e mais equipamento, como a câmara de visão traseira para facilitar as manobras do quotidiano. A gasolina está disponível uma nova geração de motores de três cilindros, de 1,0 e 1,2 litros, existindo cinco opções a gasóleo: HDi 70, e-HDi 70, HDi 90, e-HDI 90 e e-HDi 115, três delas recorrendo à tecnologia micro-híbrida e-HDi com o sistema Stop&Start mais eficaz do mercado. Com CO2 a partir de 87g/km, tem preços a partir de cerca de 15 mil euros. Confira ainda a tabela de preços de toda a gama.

-->

É um dos modelos mais compactos do seu segmento – 3,94 m de comprimento e 1,71 m de largura – mas isso não o impede de se afirmar como um dos que oferece melhor habitabilidade, com destaque para o volume de bagageira: 300 litros, uma das melhores da categoria. Realce também para os numerosos espaços de arrumação a bordo (consola, porta-luvas, apoio de braços central,...) e para a agilidade urbana, favorecida pelos 10,2 metros de diâmetro de viragem.
Verdadeiramente compacto em termos exteriores, mas sem comprometer a habitabilidade, o novo C3 destaca-se, tal como acontecia com o seu antecessor, pelo retomar do pára-brisas Zenith que, além de permitir a melhor visibilidade do segmento, transporta a paisagem para o interior. Essa bolha de luz aumenta o campo de visão dos passageiros da frente em 80° para o topo, com um “dégradé” progressivo que oferece uma transição suave entre a protecção dos raios do sol sobre os passageiros da frente e a habitual transparência para uma visão para a frente.
O habitáculo beneficia de todo o “savoir-faire” da marca francesa em termos de elegância e conforto. Está revestido de materiais puros e de qualidade, como os diferentes detalhes cromados ou o painel de bordo “quente”, realçado por uma nova faixa transversal disponível em preto mate, em castanho quente ou em cinza Moondust. Estes novos revestimentos conjugam-se com os detalhes do painel, num conjunto retro-iluminado a branco, num toque de modernidade que facilitar a leitura das informações.
Um real bem-estar a bordo pressente-se na suavidade de condução, no conforto acústico e na ausência de vibrações, mas também conforto visual e olfactivo  graças à transparência permitida pela sua enorme superfície vidrada e à sua atmosfera perfumada.


Prestações dinâmicas equilibradas. Novo motor 1.0 VTi (a gasolina) de 68 cv.

O coeficiente aerodinâmico (Cx de 0,30) favorável e uma gama de motores ágeis e eficazes contribuem para fazer do novo Citroën C3 um carro tão confortável em cidade como em estrada, com um comportamento equilibrado e grande domínio da transição de massa.
As opções a gasolina recorrem às novas motorizações PureTech, uma nova geração de motores de três cilindros, de 1,0 e 1,2 litros, admiráveis em termos de consumos e emissões. A marca francesa garantiu 52 patentes para a realização desta nova geração de motores, com o objectivo de diminuir a massa, diminuir o espaço ocupado, optimizar a combustão, reduzir o atrito e baixar os consumos e as emissões de gases com efeito de estufa na ordem dos 25%, mas proporcionando uma maior capacidade de resposta.
Ou seja, manter a eficácia sem renunciar ao prazer de condução.
Os motores VTi 68 e VTi 82 asseguram níveis extremamente baixos de consumos - entre os 4,3 e os 4,5 l/100 km - e de emissões de CO2: entre 99 e 104 g/km.
O bloco VTi 120, disponível com caixa de velocidades manual e automática, completa a oferta a gasolina. 
No domínio dos “diesel”, são cinco as motorizações disponíveis: HDi 70, e-HDi 70, HDi 90, e-HDI 90 e e-HDi 115. Três delas recorrem à tecnologia micro-híbrida e-HDi, com o sistema Stop & Start mais eficaz do mercado. Com CO2 a partir de 87g/km, os níveis de consumos e de emissões de CO2 situam-se ao melhor nível da sua categoria.

Formas exteriores e incremento do equipamento 

A sua silhueta única exprime criatividade ao serviço do bem-estar: umas linhas doces e arredondadas e uma dinâmica fluída e intensa.
O novo “sorriso” da secção frontal integra a marca do “chevron” com as luzes diurnas no conjunto. Umas novas e expressivas ópticas traseiras com reflectores integrados nas zonas laterais inferiores reforçam uma impressão de estabilidade
Com esta renovação estreia-se ainda uma nova tonalidade azul Encre, numa gama de nove cores exteriores.
Moderno e fácil de utilizar, o C3 passa a poder vir equipado com uma câmara de visão traseira com sensores de estacionamento, uma inovação tecnológica que aumenta a capacidade de manobra no quotidiano.
Pode ainda conter um sistema áudio RD4 mp3, uma “connecting box com “kit” de mãos-livres Bluetooth, entradas para “Jack” e USB, o sistema de navegação eMyWay ou mesmo um Hifi System®.

Preços de toda a gama e níveis de equipamento

Esta é a tabela completa de preços do novo Citröen C3 na fase de arranque da sua comercialização em Portugal:



Nível de Equipamento
Motores
Attraction
Seduction
Seduction16
Exclusive
1.0 VTi 68 CVM
€ 14 154,55
€ 15 353,80
€ 15 718,68
-
1.2 VTi 82 CVM
€ 14 654,12
€ 15 854,60
€ 16 219,47
-
1.4 HDi 70 CVM
€ 18 054,45
€ 19 253,70
-
€ 21 253,68
1.4 eHDi 70 Airdream CMP
-
€ 19 754,60
-
-
1.6 eHDi 90 Airdream CVM
-
€ 20 433,42
€ 21 041,86
€ 22 433,54
  Valores indicativos, acrescendo TLTs e eco taxas

Os níveis de equipamento são quatro, associados de modo diferente aos vários motores.
A entrada na gama faz-se no nível Attraction, evoluindo depois para os complementares Seduction e Seduction16, atingindo-se o topo na proposta Exclusive, a mais equipada.
Alguns conteúdos são de série consoante o nível considerado, destacando-se entre os opcionais o pára-brisas Zenith (por 400 euros), o sistema eMyway Hi-fi (entre 1 000 e 1 200 euros) ou a pintura em Branco Nacarado (510 euros adicionais).

Se lhe agradou este texto prossiga e contribua para nos ajudar:

Sem comentários