Header Ads

APRESENTAÇÃO: Mercedes-AMG C 63 Coupé (MY 2016)

- Motor V8 biturbo AMG de 4.0 litros com 476 cv ou 510 cv na versão S, de "Super" desportiva

- Suspensão AMG Ride Control com amortecedores controlados electronicamente

- Aceleração de 3,9 segundos e velocidade máxima de 250 km/h, limitada electronicamente, ou de 290 km/h com o Pack AMG Driver

- Chega em Março de 2016

O Mercedes-AMG C 63 Coupé distingue-se por ter guarda-lamas dianteiros e traseiros mais largos, maior largura das vias e rodas de maior.

Estas transformações são motivadas pela potência do motor V8 biturbo AMG de 4.0 litros, que pode ter 476 cv ou 510 cv.

Para maior controlo e agilidade, a suspensão AMG Ride Control engloba amortecedores controlados electronicamente e a transmissão AMG Dynamic Select tem diferentes modos de configuração.

Por causa da maior aceleração lateral, tracção e agilidade foi também necessário reforçar a carroçaria em diversos pontos-chave, de forma a transferir e compensar as elevadas forças longitudinais e laterais.

Por isso, o suporte do sistema de eixo traseiro específico do modelo foi também reforçado.



Com dois turbo-compressores posicionados no lado interior, entre os blocos do motor, este motor biturbo tem uma construção compacta e baixos níveis de emissões de gases.

Como prestações, o C 63 S Coupé tem uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 3,9 segundos, sendo de 4,0 segundos no C 63 Coupé.

Limitada electronicamente, a velocidade máxima é de 250 km/h ou de 290 km/h com o Pack AMG Driver.

Design e aerodinâmica


O capot em alumínio é 60 milímetros mais comprido e a secção dianteira larga é caracterizada por entradas de ar de grandes dimensões.

A grelha do radiador de "lâmina dupla", em forma de seta, ostenta a insígnia AMG.

O spoiler dianteiro "asa A", típico da AMG tridimensional, é também utilizado como deflector de ar para as três entradas de ar de arrefecimento.

O repartidor na parte inferior do pára-choques dianteiro ajuda a reduzir a força ascendente no eixo dianteiro.

O visual lateral combina jantes de grandes dimensões com spoilers específicos e um degrau lateral, entre a porta e a protecção da embaladeira, salienta-lhe a silhueta.

Inspirado no Classe S Coupé, a linha traseira inclui um difusor que é uma característica típica dos veículos do desporto automóvel. Com um design especial, aberturas de ar nas ópticas melhoram o fluxo de ar traseiro para reforço aerodinâmico.

A linha traseira do Mercedes-AMG C 63 Coupé é rematada por duas ponteiras de escape duplas cromadas do sistema de escape AMG e a tampa do compartimento de bagagens inclui um spoiler estreito na forma de lâmina afiada, que serve para redução da força ascendente no eixo traseiro.

Escape com borboleta de controlo variável do som do motor


Sendo o único veículo no seu segmento equipado com um motor de 8 cilindros biturbo, o Mercedes-AMG C 63 Coupé acelera dos 0 aos 100 km/h em 3.9 segundos ou 4,0 segundos no C 63 Coupé.

Isto torna o Coupé apenas uma fracção de segundo mais rápido do que o Limousine - graças aos pneus mais largos e à relação de transmissão mais curta do eixo traseiro.

Este motor de 4,0 litros de 8 cilindros biturbo já foi utilizado no C 63 Saloon e no C 63 Estate. Também equipa o veículo desportivo GT com lubrificação por cárter seco.

O som típico do motor V8 é assegurado por um sistema de escape com borboleta controlada automaticamente, dependendo do modo da transmissão AMG Dynamic Select, da potência solicitada pelo condutor e da velocidade de rotação do motor.

O som do motor varia entre discreto para uma longa viagem e emotivo.

Este sistema de escape Performance está disponível como opção e a modulação é controlada através do simples pressionar de um botão.

Em qualquer dos casos, os sistemas de escape foram concebidos em conformidade com a legislação sobre os limites de ruído, independentemente da posição da borboleta de escape.

Suspensão redesenhada


O Mercedes-AMG C 63 Coupé utiliza uma suspensão dianteira de quatro braços, com ligações dos travões radiais tal como num veículo de competição.

O suporte do sistema de eixo traseiro específico da AMG torna possível uma maior largura do eixo, pelo que as superfícies de contacto dos rolamentos das rodas foram deslocadas 25 milímetros para fora, comparativamente ao Limousine.

Outras medidas incluem os cubos das rodas específicos da AMG, afinação elastocinemática rígida e um maior ângulo de sopé negativo.

O C 63 Coupé está equipado de série com jantes de liga leve de 10 raios e 18" (dianteira) e 10.5" x 18" (traseira), com pneus de tamanho 255/40 R 18" (dianteira) e 285/35 R 18" (traseira).

No caso do C 63 S Coupé, o tamanho dos pneus é de 255/35 R 19" (dianteira) e 285/30 R 19" (traseira), montados em jantes de liga leve de 5 raios duplos, de tamanho 9.0" x 19" (dianteira) e 10.5" x 19" (traseira).

Suspensão ajustável


Com a suspensão AMG Ride Control com amortecimento ajustável em três níveis através de um botão, é possível escolher entre o máximo potencial desportivo e um conforto mais elevado durante uma viagem longa,

Para uma maior tracção e dinâmica, o C 63 Coupé está equipado com um diferencial de bloqueio mecânico limitado no eixo traseiro, enquanto o C 63 S Coupé está equipado com um diferencial de bloqueio electrónico limitado no eixo traseiro.

Os dois diferenciais reduzem o deslizamento na roda interior em curva, sem intervenções de controlo no sistema de travagem. Isto permite ao condutor acelerar à saída das curvas mais cedo, graças à maior tracção.

O veículo permanece mais estável durante a travagem a alta velocidade e o diferencial também melhora a tracção durante o arranque.

O maior benefício do diferencial de bloqueio electrónico limitado no eixo traseiro - instalado de série no C 63 S - é o controlo ainda mais sensível e rápido comparativamente ao modelo anterior, que aumenta significativamente o limite crítico da tracção.

O ESP® de 3 fases com as configurações "ESP ON", "ESP SPORT Handling Mode" e "ESP OFF", funciona em sincronia com o diferencial de escorregamento limitado do eixo traseiro e está afinado de para uma dinâmica elevada.

Modos da transmissão AMG Dynamic Select


O condutor poderá alterar as características do C 63 com quatro modos da transmissão AMG Dynamic Select diferentes.

O C 63 S inclui o modo da transmissão adicional "Race". Existe portanto aplicação para uma máxima personalização. O condutor decide com base no tipo de condução desejada, desde confortável-económica até uma condução super desportiva, utilizando um selector de controlo no lado esquerdo do touchpad.

O condutor poderá escolher entre vários modos da transmissão pré-configurados, e um modo "Individual" que o condutor poderá em grande medida configurar pessoalmente.

C 63 S com apoios dinâmicos do motor, de série


Único no seu segmento, o C 63 S Coupé está equipado com apoios dinâmicos do motor.

Estes apoios dinâmicos adaptam instantânea e de forma variável a sua rigidez às condições e requisitos da condução.

Isto melhora a precisão do veículo quando é conduzido de forma dinâmica. Por exemplo, a resposta da direcção é ainda mais directa.

PUB

Sem comentários