Header Ads

APRESENTAÇÃO: Renault Sandero 2.0 RS/150 cv

- Motor gasolina/etanol 2.0 com 150 cv

- Velocidade máxima de 202 km/h, aceleração 0/100 km/h em 8,0 segundos

- Relação peso/potência de 7,7 Kg/cv

- R.S. Drive com 3 modos de condução, desliga controlos de tracção e estabilidade

Comercializado em Portugal com a marca Dacia, o Sandero é vendido no Brasil e nos restantes mercados da América Latina sob a sigla Renault.

Depois das versões com aparência Crossover designadas Stepway, a Dacia, perdão, a Renault Brasil desenvolveu uma versão radicalmente desportiva do Sandero, a que chamou RS, de Renault Sport.
O primeiro Renault Sport fabricado no Brasil está equipado com motor a gasolina 2.0 de 150 cv às 5.750 kg e a versão, com 1150 kg, tem uma fantástica relação peso/potência de 7,7 kg/cv.

O Renault Sandero 2.0 RS acelera dos 0 aos 100 km/hora em 8 segundos e tem uma velocidade máxima de 202 km/h.

Para maximizar as capacidades e o prazer da pilotagem desportiva, o Sandero RS tem controlo de tracção e de estabilidade e um botão R.S. Drive que permite controlar tudo isto em 3 modos de condução:

- Modo Normal: ESP ligado, regimento do motor normal com GSI (Gear Shift Indicator) programado para baixo consumo.

- Modo Sport: ESP Ligado, Mapa de injecção alterado, regimento do motor mais alto, respostas do acelerador mais rápidas, GSI (Gear Shift Indicator) reposicionado para troca de marcha desportiva, ronco do motor mais desportivo

- Modo Sport +: ESP desligado, permitindo uma condução desportiva, aproveitando plenamente todo o potencial do carro. É accionado através de uma longa pressão no botão R.S.

Outras características são a caixa desportiva de 6 velocidades, as jantes de 16'' ou 17’’, travões de discos nas 4 rodas, suspensão e escape duplo desportivos.

O desenvolvimento desta versão foi grandemente facilitado pelo facto do Sandero ter sido concebido sobre a 2.ª geração do Renault Clio, que teve igualmente uma versão RS com motor de 2,0 litros.

Assista agora a um vídeo do canal "Acelerados" com 3 Renault Sandero RS em pista, um dos quais pilotado por Rubens Barrichello.



Sem comentários