Header Ads

APRESENTAÇÃO: Nissan Micra edição 30.º Aniversário. Um pouco da história deste modelo.


O Micra faz 30 anos de vida e, com mais de seis milhões de modelos produzidos até hoje, vai celebrar o feito e a data com uma versão sofisticada, porém económica. A edição exclusiva do 30.º aniversário, comercializada a partir de Fevereiro de 2013, é alimentada pelo frugal motor 1.2 de 79cv. O seu equipamento é baseado no nível de entrada na gama - versão Visia - acrescentando, de série, elegantes jantes de liga leve de sete raios e 15 polegadas e um deflector no tejadilho similar ao da versão DIG-S topo de gama. Os espelhos retrovisores assim como os puxadores das portas na cor da carroçaria estão também incluídos. Discretos logótipos nos guarda-lamas, na bagageira e no painel de instrumentos identificam a versão, que recebe ainda o símbolo “Pure Drive” concedido apenas aos automóveis mais “limpos” da gama Nissan. Em opção está disponível também com a avançada transmissão CVT. Quanto a preços calcula-se que fique abaixo dos 13 mil euros. Conheça ainda os modelos que precederam a actual geração.

O actual Nissan Micra (leia AQUI o ensaio mais recente ao modelo) é construído com base numa plataforma leve e versátil que, apesar do seu reduzido peso, possui maior rigidez e elevados níveis de maneabilidade e segurança.
O equipamento de série de todas as versões inclui direcção assistida eléctrica sensível à velocidade, vidros eléctricos dianteiros e um pacote completo de equipamento de segurança, onde pontuam ESP, airbags para o condutor e passageiro e cortinas insufláveis laterais. O ar condicionado manual é proposto como opcional.

Um pouco da história do Micra

Conhecido em alguns mercados como March, o Micra foi lançado globalmente em 1982/1983.
Ao longo destas três décadas, o Micra tem representado o padrão da indústria para os super-minis e, em 1993, foi o primeiro automóvel de uma marca japonesa a conquistar o prémio de Carro do Ano europeu.
A primeira versão (conhecida internamente como K10) foi lançada no Japão no final de 1982 e chegou à Europa no início de 1983.
Em 1992 estreou-se a segunda geração, designada por K11 e que se tornaria numa das mais populares apesar da estética irreverente.
Tal como o seu antecessor, o K11 durou toda uma década até ser substituído em 2002 pelo Micra de terceira geração (K12). Produzido como um “dois volumes” de três ou cinco portas, conhece, pela primeira vez, uma variante Micra C+C (coupé/descapotável) de capota rígida rebatível (veja AQUI o respectivo ensaio).
O actual modelo é o K13, a quarta geração do Micra/March. Apresentado em 2010 como um automóvel verdadeiramente global, sendo vendido em 56 mercados mundiais, é construído em quatro países distintos: Tailândia, México, China e Índia. É deste último País asiático que provém a totalidade das unidades destinadas ao mercado Europeu. 

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Sem comentários