Header Ads

APRESENTAÇÃO: Dacia Logan MCV Break (MY 2013). Preços, motores e equipamento.

Com a acelerada renovação que está a fazer, a Dacia promete vir a conquistar ainda mais adeptos nos próximos anos. Nas pisadas do sucesso do SUV Duster e do monovolume Lodgy, esta versão carrinha do Logan garante imenso espaço de carga e muita funcionalidade interior, com preços que começam a partir dos… 9.990 euros! Em termos de dimensões e capacidades, o novo modelo apresenta um comprimento de 4,49 metros, possui uma bagageira com 573 litros de capacidade e oferece condições para transportar objectos até 2,7 metros de comprimento! Irá dispor dos novos motores TCe 90 (gasolina) e 1.5 dCi 90 (diesel), mas também do comprovado 1.2 16V na versão Bi-Fuel (GPL). Isto e muito mais visto ao pormenor está já a seguir.

A Dacia começa a reunir um conjunto de pressupostos que vai de encontro aos interesses de um alargado número de portugueses: linhas mais modernas, muito equipamento e uma gama de motores que, além de actual, garante uma manutenção económica e racional.
Tudo isto a preços verdadeiramente concorrências!
É, afinal, aquilo que promete o novo Dacia Logan MCV, a mais que acessível nova break para o segmento B, com níveis de habitabilidade e no volume da bagageira equiparáveis ao segmento C. Apesar do nome, o novo modelo pouco a ver com a anterior versão (ver ensaio ao Dacia Logan MCV 1.5 dCi), ficando esta geração mais próxima da forma de uma carrinha.
Possui semelhanças estéticas com a nova geração do Sandero mas, com quase 4 metros e meio de comprimento, esta nova break assegura uma identidade visual própria, reforçada pelas barras no tejadilho.
Entre o equipamento de lazer consta o dispositivo multimédia MediaNav, com ecrã táctil de 7 polegadas, navegador, Bluetooth, conexões USB e jack para dispositivos externos, igual ao do Dacia Lodgy, AQUI ensaiado.
Gama de motores moderna inclui versão Bi-Fuel

Aliando um reduzido consumo ao prazer de condução, o novo motor diesel 1.5 dCi 90 incorpora a maioria das novas tecnologias da família Energy (EGR de baixa pressão, gestão térmica, etc…) que contribuem para os consumos de 3,8 l/100 km (em ciclo misto) e emissões de CO2 de 99g/km. Valores de referência no segmento, num bloco com 90 cavalos e com um binário de 220 Nm disponível a partir das 1.750 rpm.
Quanto ao TCe 90, trata-se de um revolucionário motor a gasolina de três cilindros turbo e 899 cc de cilindrada. Ele possui as mesmas performances de um bloco atmosférico de 1.4 litros e, graças a um turbo de baixa inércia, debita 90 cavalos e produz 135 Nm de binário às 2.000 rpm. Números que impressionam, até pelo facto de 90% do binário estar disponível entre as 1.650 e as 5.000 rpm. Com este motor, a break Logan MCV reivindica (também) consumos referência de 5l/100km (em ciclo misto) e emissões de CO2 de apenas 116g/km
Continuando a promover o GPL na sua gama de modelos, o 1.2 16v de 75 cv está disponível numa versão BI-FUEL que alia um custo de utilização menor a baixas emissões de CO2: 120 g/km em modo GPL. Como todos os veículos a GPL na gama Dacia, o condutor escolhe conduzir em modo gasolina ou GPL graças a um mecanismo muito simples. Com um custo no abastecimento francamente inferior, a utilização do GPL é claramente mais competitiva que os combustíveis tradicionais, cifrando-se numa economia de 320€ por cada 15 mil quilómetros percorridos, em relação a um motor exclusivamente a gasolina (ver o quadro mais abaixo).

Habitáculo simples mas funcional e bagageira espaçosa

Mas é verdadeiramente o interior que mais surpreende.
As cotas de habitabilidade para os cinco passageiros são surpreendentes e o volume da bagageira é não apenas o melhor do segmento, como poderia constituir referência no segmento superior. Com 573 litros de volumetria, que pode ser aumentada com o rebatimento 1/3 e 2/3 dos bancos traseiros, o maior destaque vai para a capacidade de poder transportar objectos até 2,7 metros de comprimento!
Distribuídos pelas portas dianteiras e traseiras, bem como nas bolsas e na parte superior do painel de bordo, há mais 16 litros de pequenos espaços para arrumação, sendo algumas versões equipadas com uma zona de arrumação suplementar na bagageira.

Equipamento actual partilhado com modelos do grupo Renault

Além do espaço, a ergonomia simples do interior herdado do Sandero pode conter o equipamento mais actual partilhado com modelos do grupo Renault.
Entre eles o MEDIA NAV, um sistema multimédia completo e disponível como opção por 300 euros. Com uma utilização fácil e intuitiva, ecrã a cores táctil de 7 polegadas (18cm) e a página de acolhimento “Menu”, este sistema permite navegar facilmente entre diferentes funções, que incluem a tecnologia Bluetooth® e o sistema de navegação, com visualização 2D e 3D (Birdview). Os dispositivos nómadas pessoais ligam-se facilmente a uma tomada USB ou Jack, acessíveis no painel de bordo para melhor ergonomia.
Mais simples, o Dacia Plug&Radio beneficia de um ecrã integrado na consola central e integra o rádio, um leitor de CD compatível com formato MP3, a tecnologia Bluetooth® e as ligações USB e Jack posicionadas no painel de bordo.
Opcionalmente, o Dacia Logan MCV pode ainda dispor de limitador e regulador de velocidade com controlos no volante para ambas as funções e ajuste de velocidade.
A ajuda ao estacionamento traseiro está também disponível como opção, com sensores situados no pára-choques traseiro e sinal sonoro que indica ao condutor a proximidade de um obstáculo.
Entre os equipamentos de segurança activa, o controlo dinâmico de trajectória (ESC) e a assistência à travagem de emergência EBA complementam o sistema de anti bloqueio das rodas (ABS). A segurança passiva é assegurada por airbags frontais para o condutor e o passageiro, airbags laterais frontais, alerta visual e sonoro para o uso do cinto de segurança e pontos de fixação ISOFIX para fixação de cadeiras de bébé e de criança nos dois lugares laterais traseiros.
Com uma estrutura de preços muito simples, estes são os valores para as várias versões, bem como o equipamento e acessórios disponibilizados:



Redução de consumo com a função Eco Mode e garantia de 3 anos

A funcionalidade Eco Mode (consoante a motorização) permite que o condutor possa optimizar o consumo de combustível.
Uma vez activada, esta função adapta certos parâmetros de condução, ao modificar o funcionamento do motor e o conforto térmico em proporções aceitáveis pelo condutor e passageiros.
Esta funcionalidade pode gerar ganhos de até 10 por cento em matéria de consumo e emissões de CO2, conforme o estilo de condução e as condições da estrada.
Tal com a restante gama Dacia, a Logan MCV beneficia de 3 anos/100.000 km de garantia contratual.
-->

Sem comentários