Header Ads

ENSAIO: Volvo V40 Cross Country D2 (1.6D/115 cv)

Com ar sedutor e intrépido, parte do charme deste carro está no estilo e no carácter aventureiro que transmite. Uma espécie de convite para jovens individuais ou pais de família (já agora mães também, porque não?..) que apreciam a aventura e a liberdade, sem prescindirem do conforto ou da atitude típica que se deseja de um modelo mais familiar. E é com mais um prémio na bagagem (“Familiar do Ano” em Portugal) que o V40 conhece mais uma versão, esta, essencialmente destinada a espíritos mais destemidos.

Aquilo que faz a versão “Cross Country” diferir do mais “civil” dos V40 é o facto de ser dotada de um conjunto de alterações que a capacitam para circular com maior à vontade fora do alcatrão: o chassis fica quatro centímetros mais afastado do solo e, dependendo do motor, pode receber tracção a duas ou às quatro rodas.
Além disso, protecções especiais da carroçaria e na plataforma ajudam a preservar a integridade do conjunto dos acidentes do caminho, acrescentando também barras no tejadilho, uma nova disposição das luzes diurnas em Led e ligeiras diferenças estéticas ou de tonalidade no habitáculo.
Para saber com mais pormenores as diferenças, o equipamento e a funcionalidade acrescentada, leia o respectivo TEXTO DE APRESENTAÇÃO.

Muda a estética, mantêm-se a eficácia

No capítulo mecânico, a unidade testada assenta na económica, versátil e acessível unidade turbodiesel D2, 1.6 de 115 cv com 270 Nm de binário.
Este motor vem acompanhado de uma caixa manual de seis velocidades e função Start/Stop, apresenta emissões de CO2 de 99 g/km e um consumo de apenas 3,8 l/100 km. Os valores anunciados são semelhantes aos do V40 “de cidade”, embora eles dependam bastante do tipo de condução praticado. No final do ensaio, o computador de bordo registava um valor médio de 5,3 l/100 km.
E se, com este motor, o V40 Cross Coutry revela a mesma eficiência da versão civil, o aumento da altura ao solo e a maior firmeza da suspensão não provocam interferência significativa no conforto ou no comportamento em estrada. Já fora dela, a cumprir caminhos mais irregulares, torna-se mais evidente a presença de uma suspensão mais rija, destinada, sobretudo, a manter a aderência e a segurança da condução.

Mais “5 portas” do que carrinha

Apesar do prefixo V na designação (normalmente associado a versões carrinha), o V40 é, na verdade, um familiar compacto de 5 portas com linhas desportivas e apelativas.
Não vale a pena alongar muito a falar sobre o interior deste carro, cujas impressões não diferem muito das recolhidas NESTE ENSAIO. Vale a pena realçar a beleza e a possibilidade de escolha da forma como a informação do painel de bordo é apresentada e também que o espaço traseiro não é brilhante e que o respectivo banco é mais indicado para dois ocupantes.
A volumetria da mala queda-se pelos 335 litros, mas esta versão Cross Country ganhou ainda alguns acessórios dedicado de acessórios que aumentaram a sua funcionalidade ou que a protegem melhor da carga transportada.
Conservando o rebatimento fácil do banco dianteiro que aumenta consideravelmente a capacidade para transportar objectos mais longos, as variantes “Cross Country” podem conter uma série de extras que vão desde o embelezamento da carroçaria, melhoramento do ambiente interior ou que se destinam a facilitar a condução, como o sistema automático de estacionamento.
As versões V40 Cross Country têm um preço em média 2000 euros acima das que não apresentam estas características. E apesar de um ou outro acessório que contribui para a sua imagem constituir um extra pago à parte, os cerca de 30 mil euros da versão “base” V40 D2 Cross Country é um valor bastante competitivo para um modelo “premium” que, com estas características, praticamente não tem rivais no mercado.


DADOS MAIS IMPORTANTES
Preços desde
29.615 euros
Motor
1560 cc, 8V, 115 cv às 3600rpm, 270 Nm das 1750 às 2500 rpm, common rail, turbo, geometria variável, intercooler
Prestações
185 km/h, 11,9 seg. (0/100 km/h)
Consumos (médio/estrada/cidade)
3,5 / 3,8 / 4,2 litros
Emissões Poluentes (CO2)
99 gr/km

Ensaios anteriores a outros modelos Volvo:

Sem comentários