Header Ads

NISSAN JUKE com motor 1.5 dCi mais eficiente

O popular e divertido SUV japonês conta com melhorias na mecânica mais procurada da gama. Regista-se um incremento do binário (mais 20 Nm), sendo agora de 260 Nm, 80 por cento dos quais disponíveis a partir das 1500 rpm. Os valores de potência (110 cv) e desempenho dinâmico (velocidade máxima/aceleração) permanecem inalterados. Mas o sistema de paragem/arranque passa a ser de série e as relações da caixa foram revistas para uma maior comodidade de condução e menores consumos. Existe ainda menos ruído do motor para aumentar o conforto. No final, tudo isto se traduz com uma melhoria de consumos (a média baixa de 4,8 l/100km para 4,2 l/100km) e emissões mais reduzidas de apenas 109 g/km. Como isto foi possível é o que se explica já a seguir.


Dos 330.000 modelos Juke vendidos desde o seu lançamento no final de 2010, mais de 132.000 exemplares – cerca de 40 por cento de todas as vendas – recorrem ao motor 1.5 dCi. (ler AQUI o ensaio ao modelo precisamente com este motor)
A sexta evolução do motor 1.5 dCi traz melhorias importantes: o binário máximo do motor cresce para os 260Nm, 80 por cento dos quais disponíveis desde as 1.500rpm, as emissões de CO2 descem para 109 g/km, acompanhando a redução do consumo combinado para 4,2 l/100km.
As melhorias foram obtidas através de um conjunto de alterações técnicas: adopção de injectores de combustível piezoeléctricos revistos para uma combustão mais eficiente e um novo e mais sensível turbocompressor de geometria variável e baixa inércia, alimentado por uma conduta de admissão de ar mais directa e mais eficaz.
Além disso foi adoptado um sistema de reciclagem do gás do escape (EGR) de circuito fechado e baixa pressão, no qual o gás de escape é arrefecido antes de ser reintroduzido no sistema de admissão. Tal ajudou a assegurar a compatibilidade da unidade com os futuros regulamentos de emissões Euro6. Outras alterações incluem uma nova bomba de óleo de deslocamento variável e controlada de forma termostática, que reduz a fricção interna e se adapta automaticamente às necessidades do motor e à viscosidade do óleo.
As versões equipadas com este motor passam também a poder contar de série com o sistema de Paragem/Arranque automático da Nissan.

Transmissão alterada e melhorias no sistema de controlo dinâmico

As alterações no escalonamento da caixa passaram por tornar um pouco mais curtas as duas primeiras relações, de forma a permitir respostas mais rápidas a baixas velocidades e melhorar a facilidade de condução. As restantes quatro relações são um pouco mais longas, tirando vantagem do binário melhorado para fornecer um menor consumo de combustível. Daí que, em ciclo combinado, o consumo combinado do novo Juke 1.5 dCi tenha descido de 4,8 l/100 Km para 4,2l/100km.
O consumo de combustível foi também melhorado através da utilização do sistema de Controlo Dinâmico da Nissan que permite ao condutor seleccionar a partir de três definições de modo do motor: Eco, Normal e Sport. O sistema agora não só selecciona as definições de sensibilidade do pedal adequadas aos modos Eco e Sport, como limita também o binário máximo do motor no modo Eco para os 220 Nm. Apesar de todos os 260 Nm estarem disponíveis em reduções. A potência total da unidade permanece nos 110 cv (81 kW) enquanto os valores do desempenho (175 km/h de velocidade máxima e 11,2 segundos dos 0 aos 100 km/h) também permanecem inalterados.
O motor de nova geração estará disponível em todas a versões Juke, incluindo a versão especial N-TEC, que apresenta nova tecnologia como o mais recente centro de comunicações Nissan Connect. Assim como o novo software de navegação, o sistema incorpora funcionalidades avançadas como a tecnologia Google Send-To-Car, que permite ao proprietário planear uma viagem no seu PC/tablet, em casa ou no trabalho e, em seguida, enviar as instruções para o automóvel antes mesmo da viagem.
A versão de nova geração do galardoado motor de injecção directa a gasóleo da Aliança torna o Juke mais eficiente, mais requintado e ainda mais divertido de conduzir.

-->

Sem comentários