Header Ads

APRESENTAÇÃO: Volvo V40 D2 Powershift

Com o mesmo poder de aceleração, a mesma velocidade máxima e o mesmo consumo da transmissão manual, a caixa de velocidades automática Powershift com dupla embraiagem permite que, quer a Volvo V40 “civil” como a versão “Cross Country”, ofereçam uma resposta enérgica do motor, um maior conforto de utilização em cidade e um desempenho irrepreensível em viagem. O que muda é o preço: as versões com a transmissão automática Powershift custam mais 2116 euros.

Esta caixa de velocidades de dupla embraiagem assenta num princípio de gestão eficaz, capaz de disponibilizar o regime ideal do motor em função do tipo de condução.
Na realidade, o que se passa é que o módulo electrónico da caixa de seis relações antecipa a troca de velocidade, ou seja, além da mudança que está engrenada, a imediatamente abaixo ou a logo acima fica igualmente pré-seleccionada. Isto permite que as passagens sejam feitas de forma extremamente rápida e, sobretudo, com uma surpreendente suavidade.
Como se constatou na Volvo V70 D2 1.6 Drive 115 cv Powershift AQUI ensaiada precisamente com este mesmo motor.
A Volvo V40 D2 Powershift revela ainda uma gestão exemplar da disponibilidade do motor, alcançando não só a mesma velocidade máxima (190 km/h), como registando uma aceleração dos 0 a 100 km/h idêntica (12,1 segundos).
A isto acrescenta-se o facto de os consumos e emissões se manterem quase inalterados (3,9 l/100 km, a que correspondem 102 g de CO2/km).
Ensaios:

-->

Sem comentários