Header Ads

APRESENTAÇÃO: Suzuki Swift e Swift Sport (MY 2014). Preços e características

- Regressa a Portugal e traz consigo uma nova versão Sport
- Os motores dividem-se entre o bloco a gasolina de 1,2 litros e o motor diesel D13A de 1,3 litros DDiS.
- Consumo médio de 5,0 l/100km e emissões de CO2 são agora 116 g/km no primeiro caso e de 3,0 l/100 km e 101 g/km na versão diesel..
- O Swift mais desportivo traz uma versão avançada do motor da o motor de 1,6 litros a gasolina da geração anterior
- A potência foi aumentada para os 136 cv. Em simultâneo, o binário cresceu dos anteriores 148 Nm para 160 Nm.
- Os consumos foram também reduzidos para os 6,4 l/100km, enquanto as emissões de CO2 são agora 147 g/km.
- Com 1.045 kg, o Swift Sport é um dos automóveis mais leves do seu segmento. A relação peso/potência melhorou dos anteriores 11,2 kg/kW para apenas 10,5 kg/kW.
- Preços em campanha a partir de 11.000 euros ou de cerca de 20.000 para a versão Sport.

Os atributos do Swift são a carroçaria compacta e leve, com um estilo que desperta emoções dinâmicas e divertidas.
Traz poucas alterações neste regresso ao mercado português.
A maior novidade acaba por ser a versão "Sport", com motor 1.6 a gasolina de 136 cavalos. É a versão mais potente e está disponível com carroçaria de 3 ou 5 portas.
Simultaneamente largo e curto em termos de dimensões, o conceito de estilo do Swift mantém-se enérgico, com a vitalidade frontal reforçada pela presença de um novo pára-choques.
Segue-se a lista de preços de todas as versões:

A palete de cores do Swift apresenta três novos tons: Azul Boost Pérola, Amarelo Sunburst e Castanho Bison Pérola, ambos metalizados.
Quanto ao Swift Sport, ele distingue-se pelas jantes de liga leve de 17 polegadas, um escape desportivo com dupla saída de escape e um ‘spoiler’ montado no tejadilho, na cor da carroçaria. Há ainda uma extensa gama de acessórios opcionais disponíveis para o modelo, de modo a que os clientes possam personalizar o seu automóvel.
A palete de cores do Swift Sport apresenta dois novos tons, Azul Boost Pérola e Amarelo Sunburst, ambos metalizados.

O mais desportivo dos Swift

Esta versão é dominada por uma grelha de grandes dimensões, enquanto os faróis de nevoeiro e as ópticas HID surgem nos flancos, criando uma imagem distinta.
Os pilares A e B surgem pintados de negro, possui umas exclusivas jantes de liga leve de 17 polegadas e o ‘spoiler’ está harmoniosamente integrado no conjunto, tal como as saias laterais que ajudam a diminuir a sua altura ao solo.
As ópticas traseiras têm um novo design cilíndrico, ao passo que as duas ponteiras de escape e um difusor metálico acrescentam alguma agressividade ao modelo.

Características do habitáculo…

O design interior recorre às cores preto e prata para garantir um ambiente mais desportivo e refinado. O painel de instrumentos distingue-se pelos contrastes existentes entre uma base onde impera a aplicação, com estilo, de secções integrais em preto, complementando-se com detalhes metalizados.
Ao contrário do que sugerem as dimensões compactas do novo Swift, está garantido suficiente espaço para os passageiros do banco traseiro e para as bagagens.
A maior rigidez do chassis e a maior rigidez dos pontos de contacto entre os vários componentes do modelo contribuem para a redução de ruídos. O isolamento é também reflexo da extensa utilização de materiais de elevada capacidade de absorção de som e de outras soluções de acústica de elevada performance.

… ou de um interior desportivo

Na versão mais desportiva, todos os materiais contribuem para a melhoria da experiência de condução.
Os bancos da frente são mais arredondados e confortáveis, integrando almofadas de assento e encostos com apoio nos flancos, para manter o condutor fixo no seu posto.
Numa sensação de harmonia com o espírito Sport deste Swift, as costuras em vermelho nos bancos, volante e no topo da alavanca da caixa geram um contraste com os elementos metalizados presentes.
Os pedais são em aço inoxidável.
A definição da zona de "cockpit" é um verdadeiro atractivo ao olhar. Os estilizados mostradores da instrumentação, com aros metalizados de maior dimensão, são apenas um dos detalhes da importância dada ao detalhe durante o processo de design do Swift Sport. Um "display" multi-informativo complementa-se com os manómetros do nível de combustível e da temperatura da água. O volante multi-funções de três raios, forrado a pele e ajustável em altura e inclinação integra comandos áudio.
De série é possível contar com bancos desportivos exclusivos, pedais em aço inoxidável, vidros eléctricos, volante em couro, controlo automático da climatização, "cruise control" e um sistema áudio com rádio CD, entrada USB e "kit" mãos-livres Bluetooth®, para além de comandos no volante.
Adicionalmente, o Swift Sport tem de série faróis com projectores HID regulação em altura automática e sistema de lavagem de faróis, sensor de luminosidade, faróis de nevoeiro, retrovisores exteriores rebatíveis com regulação eléctrica e aquecimento,

Estabilidade da condução

A chave para a condução do Swift encontra-se nas vias mais largas e na reduzida distância entre eixos.
As suas dimensões combinam com um aumento da firmeza da suspensão para uma maior estabilidade em linha recta. Também resultam em melhorias na estabilidade em curva.
Com uma direcção mais directa, maior rigidez na suspensão à frente e atrás e um sistema de travagem mais sensível e mais agradável, o Swift transmite uma renovada confiança em estrada.
Obteve ainda uma melhor maneabilidade e uma maior estabilidade, através do refinamento do chassis, conjugando na perfeição as largas vias com a pequena distância entre-eixos do modelo. A maneabilidade do novo Swift reflecte um cariz desportivo mais evoluído, mais maduro, que inspira maiores níveis de confiança no condutor.

Motores e performance ambiental


Os motores do novo Swift dividem-se entre o bloco a gasolina K12B de 1,2 litros, com comando variável das válvulas de admissão e de escape (VVT), e o motor diesel D13A de 1,3 litros DDiS. Ambos registam baixos níveis de consumo e de emissões poluentes, oferecendo em contrapartida maiores valores de potência e de binário, obtidos a partir de motores de baixa cilindrada, mas dotados de inúmeras soluções tecnológicas, como seja o comando variável das válvulas de admissão e de escape.

O que muda no “Sport”

Em termos de medidas, a largura do Swift Sport é agora de 1.695 milímetros, com uma altura de 1.510 milímetros e uma distância entre eixos de 2.430 milímetros.
Uma melhor estabilidade direccional do eixo de torção, maior rigidez lateral dos casquilhos, rolamentos de roda maiores e braços de suspensão traseira mais resistentes, garantem uma melhor estabilidade a alta velocidade e oferecem a melhor experiência desportiva possível.
O aumento de 15 por cento na taragem das molas dianteiras e de 30 por cento nas traseiras face ao modelo Swift tradicional afecta a maneabilidade, reduzindo o ângulo de inclinação em curvas na ordem dos 15 por cento. A suspensão dianteira (do tipo McPherson) e a direcção foram ajustadas para melhorar a resposta às mudanças de direcção e estabilidade em curva. Foram também instaladas molas adicionais nas estruturas dianteiras.
Jantes de 17 polegadas em liga leve, com pneus de medida 195/45 R 17, específicas para o Swift Sport são de série no modelo.
O motor de 1,6 litros a gasolina é uma versão avançada do motor que já equipava a geração anterior. Foi mantida a estrutura básica deste bloco de quatro cilindros, mas existem inúmeros desenvolvimentos.
A potência foi aumentada para os 136 cv. Em simultâneo, o binário cresceu dos anteriores 148 Nm para 160 Nm.
O aumento em termos de desempenho é obtido, principalmente, através da melhoria do processo de carga dos cilindros, da eficiência da admissão e escape e da maior elevação das válvulas. O comando de válvulas variável na admissão e um colector de admissão variável também garantem um fluxo de ar melhorado. Os consumos foram também reduzidos para os 6,4 l/100km, enquanto as emissões de CO2 são agora 147 g/km.
Com uma tara de 1.045 kg, o Swift Sport é, apesar do seu completo nível de equipamento um dos automóveis mais leves do seu segmento. Com o aumento de potência, face à anterior geração, a relação peso/potência do Swift Sport melhorou dos anteriores 11,2 kg/kW para apenas 10,5 kg/kW.

Segurança e Conforto

De modo a assegurar ao condutor elevados níveis de confiança e controlo, o novo Swift conta com um alargado leque de tecnologias de segurança.
O ESP® (Programa Electrónico de Estabilidade) é de série em todos os níveis de equipamento do Swift.
A gama Suzuki Swift oferece sete airbags (incluindo um airbag de joelho) como equipamento de série.
A versão GLX possui ainda retrovisores exteriores com os piscas integrados.
Foi o primeiro modelo da Suzuki a ser produzido em diversas partes do Mundo para ser comercializado em todos os mercados. Após mais de três milhões de unidades produzidas, o actual Swift é vendido em mais de uma centena de países e regiões.

-->

Sem comentários