Header Ads

APRESENTAÇÃO: Honda Jazz/Fit. Preço. Motor. Equipamento (MY 2015)

- Terceira geração do modelo. Chega a Portugal a 26 de Setembro, com preços a partir dos 17.150 euros

- Gama de motores adaptados à Europa. Estreia de um novo bloco turbo de 3 cilindros com cerca de 120 cv.

- Nova plataforma, mais leve e eficiente. Dimensões ligeiramente maiores, incluindo a distância entre eixos para um interior mais amplo



Apesar da silhueta se manter, possui linhas mais agressivas. A nova frente é mais desportiva e de acordo com a nova imagem da marca.

O único motor disponível, para já, na gama Jazz é a gasolina e tem 1,3 litros com 102 cv às 6000 rpm e um binário máximo de 123 Nm às 5.000 rpm.

Com 4 cilindros, 16 V e injecção indirecta, este motor opera no ciclo Atkinson, uma opção destinada a favorecer o seu desempenho a regimes intermédios.

De série possui transmissão manual de seis velocidades (o Jazz anterior tinha 5 velocidades). Opcionalmente, está disponível uma transmissão automática de variação contínua (CVT) com patilhas no volante (+ 1300 euros), um equipamento cada vez mais desejado em viaturas citadinas.

Com a caixa automática CVT, o Jazz apresenta um consumo médio menos elevado (4,6 litros em vez de 5,0 litros da versão com caixa manual) e, consequentemente, valores de emissões mais baixos (106 g/km de CO2 face aos 116 g/km CO2 das 6 velocidades manuais).

A velocidade máxima é de 183 km/h ou de 190 km/h respectivamente e a aceleração dos 0 aos 100 km/h com transmissão CVT é também mais lenta: 12 segundos face aos 11,2 segundos da caixa manual.

A suspensão foi completamente alterada para aumentar o prazer da condução e o diâmetro de viragem que passou a ser de 9,8 metros.


Preços e equipamento do Honda Jazz em Portugal


* Trend: 17.150 (ar condicionado, CTBA, assistência ao arranque em subida, direcção assistida eléctrica, paragem automática ao ralenti, sensor de luz, sensor de chuva, vidros eléctricos, bancos mágicos e Bluethooth HFT

* Comfort: 18.100 euros (adiciona à versão Trend o ADAS, sensores de estacionamento, espelhos retracteis electricamente, Honda Connect, sistema de suporte de luzes dos máximos (HSS) e jantes de liga leve de 15”

* Elegance: 19.700 euros (adiciona à versão Comfort o arranque inteligente sem chave, alarme, volante em pele, câmara de estacionamento traseira, ar condicionado automático, vidros fumados, faróis de nevoeiro e jantes de 16”

Com pintura metalizada custa mais 500 euros em qualquer dos níveis de equipamento.

Só disponível para os dois últimos, o sistema Connect Navi acrescenta 800 euros e a caixa de velocidades automática acresce 1.300 euros

Existirão também novidades de equipamento, quer seja de conforto como de ajudas à condução.

A bagageira tem 354 litros, mais 17 litros do que o modelo que substitui.

Tem formas regulares e uma plataforma a 61 cm do solo, o que facilita as operações de carga e a descarga. Rebatendo os bancos traseiros, o volume aumenta para 1314 litros e o piso fica completamente alinhada.

Seguindo as tendências mais actuais conta com sistemas multimédia e de entretenimento avançados.

O novo tablier surge mais integrado e moderno, com uma disposição mais prática e funcional dos comandos.

A traseira tem uma presença mais marcante e uma iluminação personalizada.

Uma nova plataforma, mais rígida e com inúmeras melhorias na suspensão e na direcção, melhorou a dinâmica e tornou mais estável e precisa a condução.

Isto reforça também a segurança do novo modelo.
O interior é mais amplo graças ao alongamento da distância entre eixos (mais 3 cm para 2,53 metros).

Mantém sensivelmente o mesmo comprimento e a mesma largura que o modelo anterior e é apenas um pouco mais alto (2,5 cm). De dimensões tem 3,99 metros de comprimento, 1,69 metros de largura e 1,55 metros de altura.

Mantém-se a apreciada característica de funcionalidade do banco traseiro, agora ampliada com o aumento do espaço traseiro e do reservado à mala.

A nova geração já está à venda no Japão e nos Estados Unidos, onde é conhecido como Fit.

Como nos restantes modelos Honda, tem uma garantia de 5 anos sem limite de quilómetros


1 comentário:

  1. Gostava de saber se têm alguma comparação do novo Honda Jazz com o novo Mazda 2. Obrigada

    ResponderEliminar