Header Ads

APRESENTAÇÃO: Seat Alhambra (MY 2015)

- Monovolume fabricado em Portugal pela AutoEuropa contém alterações ao nível de motores, de modo a melhorar a eficiência e respeitarem norma Euro6

- Exteriormente há apenas ligeiros retoques estéticos e ao nível da iluminação

- Acrescenta equipamento de conforto e de ajuda à condução

No verão de 2015 começam a chegar ao mercado as primeiras unidades da renovada Seat Alhambra, o monovolume fabricado na AutoEuropa, em Palmela.

Com 4,85 metros de comprimento e lotação para sete ocupantes é um facelift do modelo colocado à venda em 2010 e que partilha muitos elementos mecânicos e estruturais com o Volkswagen Sharan, que vai igualmente renovar-se (ler as novidades)

As alterações cosméticas são escassas e limitadas: novos farolins traseiros com tecnologia LED e novo logótipo da marca montado na grelha frontal, no portão da bagageira, no volante e nas jantes, que também têm um novo padrão.

O interior disponibiliza novas cores e acabamentos e viu aperfeiçoado o desenho do volante e a forma de alguns comandos, nomeadamente o sistema de acesso e de arranque sem chave.

Comparado com o modelo anterior, o Seat Alhambra de 2015 introduz um novo sistema de info-entretenimento designado "Seat Easy Connect", com ecrãs de maior tamanho e resolução, dotados ainda de processadores mais rápidos para permitir cálculos mais rápidos de navegação, por exemplo.

Tabela de preços do Seat Alhambra 2015



Renovação de motores do Alhambra


As maiores alterações acontecem ao nível dos motores, todos sobrealimentados, mais eficientes do que as correspondentes versões anteriores e aptos a cumprir as normas europeias de emissões Euro 6.

A SEAT anuncia um consumo médio de 4,9 litros e emissões de 130 gramas de CO2 para as versões diesel de 115 e 150 cv. As três unidades diesel são 2.0 TDI com 115, 150 (antes 140 cv) e 184 cv (antes 177 cv).

A gama integra ainda duas motorizações a gasolina 1.4 TSI com 150 cv e 2.0 TSI de 220 cv (antes 200 cv).

Todas as versões vão dispor de uma caixa manual de seis velocidades, excepto o motor 2.0 TSI de 200 cv, que acopla uma automática de dupla embraiagem "DSG", com o mesmo número de relações e com uma função que reforça a eficiência do consumo de combustível.

Opcionalmente esta caixa também pode ser associado a outros motores da gama, com excepção para a gasolina, diesel 150 cv e 115 cv.

A versão diesel de 150 cv é a única  poder ser equipada com o sistema de tracção integral.

Equipamento e massagens Seat


Há também novo equipamento de segurança, vindo equipado de série com um sistema de travagem automática pós colisão. Quando o condutor já não pode intervir no decurso de um acidente, este sistema activa automaticamente os travões do veículo para evitar uma colisão secundária.

Outras novidades são o sensor de ângulo morto, um dispositivo que avisa o condutor da presença de veículos nos ângulos fora do campo de visão quando muda de faixa de rodagem, e o Controlo Adaptativo da Suspensão DCC.

Este sistema faz atuar as válvulas dos amortecedores em milissegundos, ajustando em permanência o desempenho da suspensão do veículo à estrada e à condução.

Há também novos assentos com funções de massagem, para garantir um nível mais elevado de conforto nas viagens mais longas.

PUB

Sem comentários