Header Ads

APRESENTAÇÃO: Fiat pick up Fullback 2.4 JTD. Preço. Motor. Equipamento.

- Motor 2.4 JTD com 150 ou 180 cv

- Versão italiana da Mitsubishi L200

- Cabine Longa de 3 lugares por menos de 30 mil euros

- Cabine dupla com 5 lugares com linha de acessórios Mopar

Não é segredo.

Tal como o construtor tem feito em alguns nichos de mercado (o comercial Fiat Talento/Renault Trafic, Fiat 124 Spider/Mazda MX-5, Fiat Fiorino/PSA…), estabelecendo parcerias com outros construtores para ampliar a sua oferta de mercado, a nova pick-up Fullback é a interpretação italiana da Mitsubishi L200 e assinala a estreia do grupo transalpino numa classe superior à atual Strada.

A Fiat Fullback está disponível em Portugal a partir de 24 de Junho de 2016, com preços a partir de cerca de 29.000 euros. AQUI ou no final do texto pode consultar a tabela completa de preços em Portugal na altura do seu lançamento.

As diferenças mais marcantes da Fullback para a L200 estão concentradas na grelha dianteira, no para-choques e nas jantes.

No interior, além do símbolo estampado no volante, o que as distingue é ainda menos evidente.

Revestido a plástico duro mas com aparência robusta e com bons acabamentos, a impressão geral é boa e não se constatam ruídos parasitas.

Os assentos traseiros das versões cabide Dupla aparentam ser confortáveis, sem se esperar, naturalmente, os índices de conforto de uma viatura familiar, incluindo muito espaço para as pernas.

Com dois níveis de equipamento, de série inclui ar condicionado, conexão Bluetooth para telefone celular, sistema de arranque em subida, alerta à mudança de faixa de rodagem, controlo de estabilidade com estabilização de reboque, sete airbags (incluindo um para os joelhos do condutor).

O nível seguinte ou em opção acrescenta faróis de xénon e sistema multimédia com ecrã táctil de 7 polegadas e ainda cruise control e climatização dual-zone, além de câmara de visão traseira.

Motores e suspensão da FIAT FULLBACK


A Fullback está equipada com a versão Euro5+ do motor 2.4 turbo-diesel, com 150 cv ou 180 cv, transmissão manual de seis velocidades ou automática de cinco.

Apenas com tração traseira ou às quatro rodas, quando aplicável, o sistema integral da Fullback é seleccionável a partir de um botão rotativo que comanda também o aumento de força da transmissão (redução) para as situações mais complicadas.

O esquema típico de suspensão habitual neste género de modelos - independente com mola helicoidal/amortecedor à frente, eixo rígido com mola de lâminas na traseira – supre as necessidades de conforto, agilidade, comportamento independentemente da carga transportada e elevada resistência da capacidade de transporte na caixa traseira.

Competências da Fiat Fullback


Com 1,815 metros de largura, altura máxima de 1,78 metros e 3,0 metros de distância entre eixos, o comprimento varia entre 5,275 metros e 5,285 metros, respectivamente nas configurações cabine dupla (5 lugares e piso de carga de 1,52 metros) e cabine longa (3 lugares e piso de carga de 1,85 metros).

O piso de carga fica a apenas 47,5 cm do solo.

Um dos trunfos é a maneabilidade, conferida por um excelente diâmetro de viragem inferior a 6 metros.

A competência de carga pode ir até aos 850 kg consoante a configuração de motor e carroçaria.

A capacidade de reboque pode atingir os 2910 kg.

Para satisfazer as necessidades de personalização, não falta também uma extensa linha de acessórios da MOPAR, como barras cromadas para a caixa de carga, uma cobertura com chave ou um módulo em vidro que lhe dá a aparência de um SUV convencional.

É construído conjuntamente com a L200 na fábrica da Mitsubishi na Tailândia.

Preço em Portugal da Fiat pick up Fullback



Sem comentários