Header Ads

APRESENTAÇÃO: Toyota Hilux (MY 2016). Preço. Motor. Equipamento.

- Oitava geração, Renova gama de 2004

- Novo motor de 2,4 litros com 150 cv, com melhor binário

- Estrutura maior e mais robusta com mais capacidade de carga e reboque

- Mais equipamento e ajudas à condução, incluindo para TT


Enquanto veículo multifacetado do trabalho a funções de lazer, a Hilux alia características de design aerodinâmico que melhoram o conforto acústico e contribuem para a redução do consumo.

Exteriormente são de destacar alguns pontos como a melhoria do acesso e funcionalidade da abertura da caixa de carga, assim como ao habitáculo do modelo de 4 portas (cabine dupla).

Na versão de cabine dupla com 5 lugares, a nova Toyota Hilux apresenta mais espaço nos lugares traseiros e um banco mais largo e confortável.

À frente, além da melhoria da posição de condução auxiliada pela possibilidade de ajuste do volante em altura e em profundidade, o destaque principal vai para um tablier desenhado para ser capaz de oferecer a funcionalidade de um veículo com características mais familiares.

As características mais distintivas são o ecrã táctil de 7’’ capaz de controlar algumas funções do veículo, bem como o painel de instrumentos desportivo e mais informativo na sua parte central.

Nota para a possibilidade de inclusão de bastante equipamento de conforto e segurança, bem como ajudas à condução.

São os casos do sistema pré-colisão, do alerta de mudança de faixa de rodagem, do reconhecimento de sinais de trânsito, do controlo de assistência em subida, do controlo de assistência em descida, do controlo de estabilidade para reboques e do controlo de tracção activo, de série ou em opção consoante o nível de equipamento.

Os modelos 4x2, disponíveis apenas a partir de Dezembro após o fim da comercialização dos motores Euro5, vão ter preços a partir dos 25 mil euros.

Quanto às Toyota Hilux com tracção integral, os preços arrancam nos 27.200 euros para as versões chassis de cabine simples, custando mais mil euros as de cabine dupla com 3 lugares.

Fora estes modelos de trabalho, a versão de lazer mais desejada é a “Tracker” com uma luxuosa cabine dupla de 5 lugares e caixa de carga metálica revestida.

O preço de venda da Toyota Hilux Tracker é de 39.750 euros com caixa manual de 6 velocidades.

Mais preços, características e equipamento no final deste texto.

Novo motor Euro6


O novo motor EURO 6 2.4D-4D debita 150 cv às 3400 rpm e apresenta um binário máximo de 400 Nm, disponível entre as 1600 e as 2000 rpm.

Este motor vem acoplado a uma caixa de 6 velocidades. Para os modelos de tracção às 4 rodas vai estar também disponível uma versão da Tracker com caixa de velocidades automática.

Este motor produz um acréscimo de 15% de binário, que chega ainda 600 rpm mais cedo.

Com modo “Eco”, mais poupado e indicado para condução em cidade ou no modo “Power”, com esta mecânica, a Hilux tem emissões máximas de 211 g/CO2, para um consumo combinado que varia entre os 6,8 e os 8 litros.

Com 4 cilindros, 16 válvulas e 2 árvores de cames, é equipado com um turbo-compressor de geometria variável com intercooler.

As versões de 2 rodas motrizes estão acopladas a transmissões manuais de seis velocidades. Com tracção integral pode também dispor de transmissão automática de 6 velocidades.

A eficiência na utilização de combustível do novo motor melhorou 9% face à unidade que substitui.

Ainda à espera de homologação, a média de consumo de combustível e emissões de CO2 é de apenas 7,1 l/100 km e 187 g/km.

Dispõe de função stop/start e recorre ao AdBlue para estar de acordo com as regras do Euro6.

Qualquer das versões alcança uma velocidade máxima de 170 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 12,8 segundos (6 AT) e 13,2 s (6 MT).


Robustez reforçada


Estas características permitiram reposicionar os componentes eléctricos numa posição mais elevada e abrigada, assim como melhorar os ângulos de ataque (31º) e de saída (26º).

O chassis de longarinas reforçadas abriga suspensão dianteira independente de triângulo duplo com conjunto mola amortecer.

A traseira mantém o eixo rígido com molas de lâmina e duplo amortecedor, a solução mais robusta e eficaz para um modelo com características de carga elevadas.

A caixa metálica mais larga e solida, com abertura traseira mais prática, contribui para o aumento da capacidade de carga, que pode chegar aos 1180 kg nas versões chassis e cabine simples.

A capacidade de reboque varia entre os 750 kg (sem reboque) e os 3200 kg.

Com chassis 20% mais forte e uma protecção do motor substancialmente reforçada, a Toyota Hilux de 2016 tem também um maior curso da suspensão e uma altura ao solo mínima ao solo que oscila entre os 27,7 cm e os 29,3 cm.

A alternância entre a tracção às duas rodas (H2) e a tracção às quatro rodas (H4 e L4) é feita facilmente através de um botão rotativo instalado no painel central.

O bloqueio do diferencial traseiro e o Controlo de Tracção Activo (A-TRC), que bloqueia a roda que perdeu tracção e distribui o binário para as restantes rodas, são aspectos que contribuem para o bom desempenho fora de estrada.

O que distingue a nova Toyota Hilux?


Em resumo, a oitava geração tem algumas características distintivas que vão ajudar a reforçar a liderança europeia na categoria:

- maior rigidez torcional

- uma caixa de carga maior e com melhor acesso

- novo motor Euro6 mais eficiente

- maior altura ao solo e suspensão reforçada, que permitem à Hilux melhores capacidades de carga e de todo-o-terreno

- interior mais refinado, melhor insonorização e maior disponibilidade de equipamento, que concorrem para tornar mais confortável e segura a condução dentro e fora do alcatrão.

Preços em Portugal da Toyota Hilux


Equipamento Principal da Toyota Hilux

Gama Toyota Hilux em Portugal


Sem comentários