Header Ads

Peugeot 2008 (MY2016). Preços. Motores. Equipamento.

- Motores Euro6

- A partir de 16.760 euros na versão Access 1.2 PureTech 82 CVM5

- Passa a ter sistema Mirror Screen, câmara de visão traseira, Active City Brake e Park Assist

- Novas versões GT Line


À boleia das emissões e da necessidade de introduzir motores mais eficientes, a Peugeot soube modernizar, sem grandes alardes estilísticos mas com uma visão do essencial, um conjunto que nasceu bem e que tem sabido manter-se actual face à sucessão de novidades da concorrência.

O segmento dos crossover compactos é aquele que tem vindo a revelar a maior taxa de crescimento a nível europeu, levando a maioria dos construtores mundiais a apresentarem modelos dirigidos para uma nova franja de consumidores.

Não é o caso da Peugeot que, com o 2008, foi das pioneiras neste segmento.

Ao perceber que a evolução dos gostos tinha feito transitar as atenções das carrinhas compactas (como a 207 SW) para um tipo de viaturas ainda mais versátil e, sobretudo, com posição de condução mais elevada, o construtor francês desenvolveu o 2008.

Nesta última característica reside muito do interesse por parte de alguns dos seus condutores, não sendo contudo de excluir a importância da imagem mais dinâmica e do aspecto aparentemente mais robusto que os crossover geralmente apresentam.

Para reforçar essa ideia, a Peugeot resolveu-lhe estrear no 2008 um sistema de gestão do binário entre as rodas dianteiras, a que chamou Grip Control (ver mais adiante explicação mais detalhada sobre esta tecnologia).

Disponível em motores com mais de 100 cv, associados a ambas as caixas de velocidades manual ou automática e pneus com jantes de 16’’ ou 17’’, em conjunto com pneus especiais para lama e neve (Mud&Snow - Goodyear Vector 4Seasons), esta tecnologia faz uma gestão mais eficaz da tracção no eixo da frente, de modo a assegurar melhores condições de aderência ao Peugeot 2008.

Isto não faz do 2008 um todo-o-terreno, até porque tem uma distância ao solo reduzida: 16 cm. Mas um peso de apenas 1.045 kg e a boa triangulação entre os eixos contribuem para um comportamento muito positivo em piso irregular.

As características mais importantes já a seguir. Os preços em Portugal estão no final do texto.

Como funciona o sistema Grip Control no Peugeot 2008?


Situado na consola central, o comando rotativo do sistema "Grip Control" controla 5 modos de pilotagem, optimizando a motricidade das rodas dianteiras em função do terreno escolhido:

Modo Standard: condições normais de estrada, com fracos índices de patinagem de rodas;

Modo Neve: adapta o escorregamento de cada roda da frente às condições de aderência; alterna com o modo Standard a partir dos 50 km/h;

Modo Todo-Terreno: para deslocações em terrenos escorregadios (lama, erva molhada, etc), assegura o arranque do veículo pela transferência do máximo de binário possível para a roda com aderência; age como um diferencial de deslizamento limitado (DGL) em caminhos em terra; mantém-se activo até 80 km/h;

Modo Areia: mantém o escorregamento sobre as duas rodas motrizes em simultâneo, permitindo progredir em solos instáveis, limitando o risco de atascanço; pode funcionar até aos 120 km/h e depois alterna com o modo Standard;

Modo ESP Off: deixa ao condutor a liberdade de desligar totalmente o ESP e o Grip Control, até aos 50 km/h, e gerir em total autonomia a motricidade.


(ampliar para melhor leitura)

Motores do Peugeot 2008


A gama recorre a motores Euro6 das famílias PureTech e BlueHDi.

Com potências compreendidas entre 82 e 130 cv, podem ser associados a caixas de velocidades manual (CVM5 e CVM6) e também à transmissão automática EAT6.

Com emissões de CO2 entre os 97 e os 114 g/km, os blocos BlueHDi que recorrem ao sistema SCR com FAP aditivado.

A gama Diesel compõe-se de três motorizações, todas com emissões de CO2 inferiores a 100 g/km:

- 1.6 BlueHDi 75 CVM5; 3,7 l/100 km; 97 g/km de CO2;

- 1.6 BlueHDi 100, CVM5; 3,7 l/00 km; 97 g/km de CO2;

- 1.6 BlueHDi 120 S&S CVM6; 3,7 l/100 km; 96 g/km de CO2.

Capacidades e desempenho do Peugeot 2008


O 2008 encerra ainda outra vantagem: é confortável apesar do centro de gravidade mais elevado exigir uma suspensão mais firme (contudo, ela acaba por poder ter um curso mais longo do que no 208) e tem uma posição de condução que favorece a visibilidade e, consequentemente, a segurança das manobras.

Baseado na plataforma do actual citadino Peugeot 208, a altura da carroçaria, sensivelmente mais 7 cm, permite-lhe ter melhor habitabilidade, incluindo espaço de mala (agora com 360 litros). Mas não é referência nos lugares traseiros, onde acrescenta pouco mais do que um par de centímetros para as pernas dos seus ocupantes.

A bagageira varia entre os 410 e os 1.400 litros. Conta com ganchos para fixação de volumes, bolsas laterais para objecto, com cinta e rede e um espaço adicional, sob o tapete da bagageira com 22 litros.

Prático e simples de dirigir, o Peugeot 2008 revela-se sempre um carro seguro e previsível.

Conserva pormenores que, se no início encerravam algum interesse, perderam-no como é o caso da forma peculiar do travão de mão.

De resto, as impressões de condução e as suas capacidades mantém-se intactas e, em termos dinâmicos, não há alterações significativas em relação ao resultado deste ensaio efectuado em 2013.

Equipamento do Peugeot 2008


A função Mirror Screen é uma das novidades.

Compatível com o MirrorLinkTM  ou Apple Carplay, apresenta no ecrã táctil da viatura o conteúdo de um smartphone e permite aceder às suas aplicações. Por razões de segurança, quando se encontra em movimento, apenas as aplicações úteis à condução estão disponíveis.

No meio urbano, o modelo conta com a tecnologia Active City Brake, sistema de alerta de risco de colisão e travagem automática de emergência. Permite reduzir a gravidade de um acidente ou até mesmo evitá-lo na totalidade, recorrendo a sensores laser de curto alcance, com tecnologia LIDAR, implantado na parte superior do para-brisas. Caso o condutor não intervenha até aos 30 km/h, desencadeia de forma automática uma travagem de plena potência, reduzir o diferencial de velocidade entre o 2008 e o obstáculo.

Com o Park Assist destina-se a facilitar as manobras de estacionamento, bastando ao condutor seleccionar no ecrã táctil o tipo de manobra a efectuar. Em marcha-atrás, a câmara de visão traseira apresenta no ecrã as dimensões do veículo, com a ajuda de linhas coloridas.

Para as subidas conta ainda com a função Hill Assist.

Gama de equipamento do Peugeot 2008 em Portugal


Em Portugal, a gama do novo PEUGEOT 2008 dividide-se por 4 níveis de equipamento – Access, Active, Allure e GT Line – recorrendo a 3 motores PureTech (um deles com caixa manual ou automática EAT6) e 3 motores BlueHDi. Em resumo, são os seguintes os conteúdos de cada um deles:

- O PEUGEOT 2008 Access integra ABS + AFU, airbags frontais, laterais e de cortina, banco do condutor regulável em altura, computador de bordo, cruise control, ESP, fecho centralizado com comando à distância, fixações ISOFIX no banco traseiro, luzes diurnas de LED e traseiras de presença de LED 3D,  barras de tejadilho longitudinais,  pneu sobressalente, puxadores das portas e retrovisores na cor da carroçaria, sensor de pressão de pneus ou furo (indireto), sistema follow-me-home, vidros dianteiros eléctricos;

- Em complemento ao acima, o nível Active acresce o sistema de AC manual, cruise control programável, ESP com Hill Assist , faróis de nevoeiro, jantes de liga leve 16” Hydre Gris Dillum, para-choques na cor da carroçaria, retrovisores exteriores rebativeis electricamente, sistema de ajuda ao estacionamento traseiro, touchscreen de 7’’ com 6 altifalantes, sistema de som Arkamys, tomada USB e jack, Bluetooth e comandos no volante, este último em couro;

- O nível Allure integra AC automático bizona, bancos desportivos, sendo o do passageiro também regulável em altura, faróis dianteiros de halogéneo com máscara a preto e cromado, faróis de nevoeiro com cornering, frisos cromados nos vidros laterais, iluminação interior de teto PEUGEOT LED Track, jantes de liga leve 16” Aquila, pack Visibilidade (sensor de luz e chuva + retrovisor interior eletrocromático), para-choques dianteiro com decoração inferior a cinzento, vidros dianteiros e traseiros elétricos, volante em couro perfurado;

- O  GT Line conta com bancos desportivos com pespontos vermelhos, barras de tejadilho e capas dos retrovisores em preto lacado, jantes de liga leve 17” Eridon Noir + Grip Control, óculo e vidros traseiros escurecidos, decoração em inox no para-choques dianteiro, pedaleira e soleira das portas em alumínio, esta com inscrição PEUGEOT, touchscreen “Redline” em tons de preto e vermelho, volante em couro perfurado com pespontos em vermelho.

Preços do Peugeot 2008


Comercializado em 3 motores a gasolina e outros tantos a gasóleo, tem uma gama de preços que se estende dos 17 aos 27 mil euros.

Esta é a tabela de preços do Peugeot 2008 para Portugal.


2008 ACCESS
2008 ACTIVE
2008 ALLURE
2008 GT LINE

1.2 PureTech  82 CVM5
16 760€

18 710€

20 310€

-

1.2 PureTech 110 CVM5
-
20 620€

22 220€

23 220€

1.2 PureTech 110 EAT6
-

-

23 520€

24 520€

1.2 PureTech 130 CVM6
-

-
22 760€

23 760€

1.6 BlueHDi   75 CVM5
20 170€

22 120€

23 720€

-

1.6 BlueHDi  100 CVM5
-

23 500€

25 100€

-

1.6 BlueHDi 120 cv CVM6
-

-
25 780€

26 780€

Sem comentários