Header Ads

APRESENTAÇÃO: Kia Optima (MY 2014)

A marca coreana renovou o seu representante do segmento D, lançado na Europa em 2012 e comercializado em Portugal a partir do final desse mesmo ano. Não há grandes diferenças de base, apenas um retocar do visual, mais equipamento disponível e melhoramentos nos acabamentos e no conforto, nomeadamente ao nível da insonorização. Quanto a motores mantêm-se a oferta inicial (ler AQUI o texto de apresentação deste familiar de 4 portas com 4,85 metros de comprimento), embora com uma série de alterações destinadas a melhorar a eficiência energética. Fomos descobrir exactamente aquilo que mudou no carro revelado no Salão de Frankfurt.

O Kia Optima geração 2014 apresenta um novo visual dianteiro, com nova configuração do pára-choques e novos faróis, incluindo luzes de nevoeiro.
Sem alterar grandemente o formato, a diferença está no desenho da parte inferior do pára-choques e na configuração do conjunto óptico dianteiro, sobretudo das luzes de nevoeiro. Opcionalmente podem ser instalados faróis de nevoeiro LED com quatro pontos, que pretendem gerar um efeito visual distinto, equiparável aos do novo Kia Ceed GT (ver AQUI) ou do distinto e luxuoso Quoris.
Melhores resultados foram conseguidos na parte traseira, apenas com alterações do formato da tampa da mala, introdução de novas ópticas de maiores dimensões e um suavizar da zona inferior do pára-choques que fez elevar a tira de luzes reflectoras.
A gama passa a poder contar com três novos tipos de jantes em liga leve, de 17 polegadas ou 18 polegadas. Torna-se possível aumentar o impacto visual com o pack opcional “Sport”: grelha dianteira preta em malha, acabamento cromado ao redor da entrada de ar inferior, jantes exclusivas de 18 polegadas e um difusor negro sob o pára-choques traseiro.
O coeficiente aerodinâmico não sofre alterações - 0,29 Cd -, o que contribui para minimizar o ruído do vento, aumentar o desempenho e a economia de combustível.


Toques de classe num habitáculo refrescado

As melhorias continuam no interior do renovado Optima de 2014, onde se é recebido com redobradas comodidades e a mais sofisticada tecnologia.
A activação do botão de ignição do Optima traz à vida dois novos monitores: um painel de instrumentos LCD TFT maior (4,3 polegadas em vez de 3,5 polegadas) e outro ecrã TFT LCD de alta resolução de 8 polegadas para os habituais sistemas de navegação, som, visualização e controlo de algumas funções do veículo.
Renovados bancos dianteiros oferecem melhor apoio lateral, podendo, consoante a versão e mercados, ser ventilados à frente e aquecidos atrás.
Para melhorar o conforto interior, foram operadas alterações na suspensão traseira e reforçado o isolamento acústico, quer através do uso de material isolante adicional como de tapetes mais grossos no modelo diesel.

Introdução de novos recursos e tecnologias

A nova geração recebe tecnologia adicional.
Os modelos com transmissão automática permitem escolher três modos de condução; além de um modo NORMAL, o modo ECO para aumentar a economia de combustível ou o modo SPORT que oferece uma resposta mais imediata do motor e aumenta o peso da direcção.
Ambos os sistemas de navegação e de áudio foram melhorados, possibilitando conectar um iPod através de um cabo USB da Apple. O novo sistema de navegação com tela de 7 polegadas está disponível em todos os modelos, mas uma especificação mais evoluída com uma tela de 8 polegadas constitui mais um opcional.
Adicionalmente está disponível um sistema de detecção do ângulo morto do retrovisor que alerta o condutor através de uma luz de advertência no retrovisor. Este sistema incorpora também dispositivos para a transposição involuntária da faixa de rodagem e avançados sensores de estacionamento traseiro que detectam a aproximação de veículos pela traseira.

Desempenho melhor para mais baixas emissões

O actualizado Optima oferece aos consumidores europeus dois motores herdados do modelo anterior: um 2.0 litros a gasolina de 165 cv sem expressão no mercado português, e o diesel de 1,7 litros com 136 cv diesel.
Equipado com um turbocompressor de geometria variável (VGT), a versão 1.7 diesel produz 325 Nm de binário a partir de 2.000 rpm. Uma série de medidas destinadas a melhorar a eficiência deste motor foram adoptadas, nomeadamente ao nível do alternador e de um inovador sistema de gestão de energia.
Contudo, os valores ed emissão anunciados mantêm-se: 133 g/km para a versão normal e 128 g/km quando equipado com o sistema ISG start/stop.
Na Europa, os motores são oferecidos com a opção de manual de seis velocidades ou transmissão automática de seis velocidades.

Equipamento base generoso

Fiel à filosofia de produzir carros que apresentam uma relação custo/benefício, o Optima de 2014, dependendo da versão, inclui: sistema de ajuda ao estacionamento, chave inteligente e botão de arranque automático, tecto solar panorâmico retráctil, assentos traseiros aquecidos, volante aquecido, BAS (sistema de assistência à travagem), ESC (controlo electrónico de estabilidade), HAC (assistência ao arranque em declive) e VSM (controlo de estabilidade).
Tal como acontece com todos os modelos da Kia vendidos na Europa, o Optima 2014 oferece uma garantia única de 7 anos/150.000 km que é totalmente transferível para proprietários posteriores.


Especificações técnicas

Sedan de quatro portas e cinco lugares com tracção traseira
Motores:
- Diesel de 4 cilindros 1685 cc/136 cv, VGT, 325 Nm das  2000 às 2500 rpm. Emissões Euro 5
- Gasolina de 4 cilindros 1999 cc/165 cv às 6500 rpm, DOHC com CVVL (controlo variável de válvulas), 196 Nm às 4800 rpm. Emissões Euro 5
- Caixa manual de seis velocidades ou transmissão automática de seis velocidades.
Suspensão e amortecimento:
Frente totalmente independente tipo MacPherson, com molas helicoidais e amortecedores duplos a gás. Barra estabilizadora de 22 mm
Traseira multi-link totalmente independente. Molas helicoidais e amortecedores duplos a gás. Barra estabilizadora de 18 mm
Direcção:
Motor eléctrico com cremalheira assistida e pinhão
Engrenagem: 2,94 voltas de batente a batente
Círculo de viragem: 10,9 metros
Travões:
- Dianteiros: discos ventilados dianteiros de 28 mm e com diâmetro de 300 mm (320 x 28 mm para jantes de 18 polegadas)
- Traseiros: discos sólidos de 284 x 10 mm
Jantes e pneus:
Jantes em liga de 16 polegadas (6.5J 205/65 R16)
Jantes em liga de 17 polegadas (6.5J 215/55 R17)
Jantes em liga de 18 polegadas (7.5J 225/45 R18)
Dimensões (mm):
Exterior
- Comprimento total: 4845 mm
- Largura total: 1830 mm (excluindo retrovisores)
- Altura total: 1455 mm
- Distância entre eixos: 2795 mm
- Via dianteira: 1591 a 1601 mm consoante rodas
- Via traseira: 1591 a 1601 consoante rodas
Altura ao solo: 135 mm
Pesos e capacidades: de 1562 a 2050 Kg
Tanque de combustível: 70 litros
Bagageira: 505 litros
Prestações e consumos 1.7 D MT/AT
Velocidade máxima: 202/197 km/h
Aceleração 0 a 100 km/h: 10,3/11,6 segundos
Consumos
Combinado: 5,1 a 6,0 l/100 km
CO2: 133 a 158 g/km
1.7 D MT (com ISG)
Combinado: 4,9 l/100 km
CO2: 128 g/km

-->

Sem comentários