Header Ads

HISTÓRIA: A origem da designação NISMO

Nissan/Prince Skyline 2000GT (S54)
Há quase 50 anos, os engenheiros da Nissan tiveram uma ideia simples para tentar aumentar as vendas tirando partido dos desportos motorizados: instalarem um motor poderoso num sedan japonês comum. Pegaram então no bloco de seis cilindros e 2.0 litros do Gloria, uma berlina luxuosa de grandes dimensões, e colocaram-no sob o capot do Skyline, um modelo de dimensões mais reduzidas. Para isso foram obrigados a aumentar a distância entre eixos do mesmo, mas melhoraram substancialmente a sua relação peso-potência Dando-se conta do potencial competitivo daquilo que tinham criado, esforçaram-se para produzirem 100 exemplares para clientes, de modo a cumprirem as rigorosas e exigentes regras de homologação japonesas para competição.


Nissan Skyline R32 GT-R
Lançado a 1 de Maio de 1964, esse automóvel foi o Nissan/Prince Skyline 2000GT (S54), que se estreou nas corridas somente dois dias depois. E com resultados surpreendentes! Apesar de a vitória ter pertencido a um Porsche 904, a Nissan ocupou todos os lugares entre a segunda e a sexta posição! 
O que esses engenheiros pioneiros certamente estavam longe de imaginar era o alcance daquilo que tinham criado. Com esse lendário Skyline nascia um espírito competitivo que mais tarde seria baptizado como Nismo, abreviatura de Nissan Motorsport, uma designação que seria utilizada após a fusão dos diversos departamentos desportivos ou de criação de veículos especiais da marca japonesa.
E o reinado de modelos tão especiais como o R32 GT-R, de tracção às quatro rodas, acabaria por conquistar toda uma geração nas pistas de corridas, tanto reais como… virtuais! É que, tirando partido do potencial da era digital, os automóveis Nismo tornar-se-iam estrelas planetárias na já longa série GranTurismo® da Sony!


Vai gostar de ler também:

- APRESENTAÇÃO: Nissan 370Z Nismo

APRESENTAÇÃO: Nissan Leaf Nismo RC

APRESENTAÇÃO: Nissan Juke Nismo


-->

Sem comentários