Header Ads

Volvo revela novos motores a gasóleo e a gasolina preparados para tecnologia híbrida

A nova família de motores "Volvo Drive-E" prepara-se para ser líder mundial no controlo de emissões de CO2. Equipado com um novo dois litros diesel de quatro cilindros com 181 cv, o Volvo S60 D4 com transmissão manual e pneus de 17 polegadas assegura um nível de emissões de CO2 de apenas 99 g / km, para um consumo combinado de 3,8 l/100 km. Os novos motores beneficiam da tecnologia designada "i -ART", que permite controlar e adaptar, a cada momento da condução e de modo individual em cada um dos 4 cilindros, tanto o momento como a quantidade de injecção de combustível, como o desencadear da combustão. Para tal, cada injector tem um chip inteligente que monitoriza a pressão de injecção e, com essa informação, o sistema "i -ART" ajusta a quantidade ideal de combustível que é injectado durante cada ciclo da combustão. Desde logo concebidos para isso, o tamanho compacto destes novos motores permite-lhes receber um motor eléctrico, que pode ser montado na parte da frente ou na traseira do veículo, com a unidade de bateria localizada no centro. Mas há novidades também a gasolina.


Enquanto a Volvo vai revelando aos poucos aquilo que será o seu novo SUV XC90, com aparições de versões cada vez mais completas do protótipo Concept XC Coupé, vão também sabendo-se mais detalhes sobre a nova família de motores que irá gradualmente substituindo os blocos que actualmente servem os vários modelos da marca sueca.
Com lançamento em 2014, o XC90 será o primeiro a receber uma nova plataforma com componentes flexíveis preparada para receber as novas motorizações que foram desde logo concebidas para poderem receber unidades eléctricas alimentadas, naturalmente, por baterias recarregáveis.
Esta plataforma está ainda preparada para receber equipamento capaz de permitir uma condução totalmente autónoma.
Além da motorização D4 com 181 cv, a Volvo irá em breve também revelar um novos motores a gasolina de quatro cilindros sobrealimentados.
Com 306 cv e emissões de CO2 de somente 149 g / km, o Volvo S60 T6 será o primeiro carro do segmento com cerca de dois cavalos por grama de CO2. Com um consumo médio homologado de somente 6,4 l/100 km, a aceleração de 0 a 100 km / h é de 5,9 segundos .
Já o Volvo S60 T5 com "apenas" 245 cv e igualmente caixa automática de 8 velocidades assegura emissões de CO2 de 137 g / km , o que se traduz num consumo combinado de 5,9 l/100 km.
Em meados do ano passado, quando a Volvo anunciou uma nova geração de motores acrescentou que as versões a gasóleo teriam valores de potência entre os 120 e os 230 cv, enquanto a gasolina esses valores seriam entre os 140 cv e os 300 cv.




Sem comentários