Header Ads

APRESENTAÇÃO: Honda NSX (MY 2015)

- Há 25 anos foi estreado o NSX original. NSX significa New Sports eXperience

- A nova geração é um super-carro híbrido, de motor em posição central desenvolvido nos EUA, onde recebe a marca Acura

- Entregas previstas para o final de 2015

- Uma unidade V6 acoplada a 3 motores eléctricos




A motorização é totalmente nova: uma unidade V6 DOHC a 75 graus de duplo turbo compressor e com transmissão de dupla embraiagem (DCT), caixa de 9 velocidades e sistema híbrido desportivo de três motores eléctricos.

A carroçaria multimaterial ultra-rígida e de peso reduzido apresenta aplicações de materiais e processos de fabrico que são novidade mundial.

O NSX tem formas clássicas: é largo e baixo, com uma frente agressiva e luzes traseiras homenageiam o modelo original. As entradas de ar laterais e os pilares C flutuantes ajudam à refrigeração do motor, colocado em posição central, e dirigem o fluxo de ar sobre a traseira, aumentando a força descendente sobre esta metade do carro.

Todos os elementos do design exterior da carroçaria foram cuidadosamente estudados tendo em consideração a gestão integral dos fluxos aerodinâmicos, de forma a garantir a necessária força descendente sobre a carroçaria e assegurar as necessidades em termos de estabilidade e arrefecimento dos sistemas do veículo.

O Sistema Integrado de Dinâmica do NSX oferece os seguintes modos: Quiet (Calmo), Sport (Desportivo), Sport+ (Desportivo+) e Track (Pista). 

Este sistema ajusta as respostas do motor de combustão, dos motores eléctricos, da transmissão e do chassis, bem como o nível de sonoridade do motor de combustão, com base nas necessidades do condutor e do ambiente de condução. 

O modo Quiet permite conduzir o carro apenas em modo eléctrico e a baixa velocidade, por períodos curtos de tempo. 

Passando de Sport para Sport+ e, finalmente, para modo Track, onde o NSX revela todo o seu potencial, as respostas do veículo tornam-se cada vez mais incisivas e precisas.

O NSX também possui uma função ―launch(modo de arranque) que oferece a derradeira performance no arranque, sem nenhum atraso.

Cockpit de Suporte Humano


Em linha com o conceito "supercarro para o ser humano" usado durante a fase de desenvolvimento, o NSX foi concebido desde o início com um foco inequívoco no condutor.

Tal como o NSX original, mas mais evoluído para corresponder aos requisitos que se esperam de um super-carro moderno, o novo garante excelente controlo, visibilidade e disposição dos elementos essenciais à condução.

O interior garante uma boa visibilidade para a frente, com comandos simples e intuitivos e ergonomia elevada, patente na forma do banco, que oferece não apenas um excelente apoio como facilidade ao entrar ou sair do Honda NSX.

O painel de instrumentos do NSX possui mostrador dinâmico TFT e responde às alterações do condutor sobre o Sistema Integrado Dinâmico, com os correspondentes gráficos e demais informações.

A consola central inclui o botão de arranque que faz acordar a motorização híbrida desportiva. Interligado por baixo do painel do tablier, em pele trabalhada à mão, encontra-se uma estrutura intermédia exposta que reflecte a estética de design de uma moto naked desportiva.

Os pilares A, de design ultrafino mas muito robusto e o painel de instrumentos de montagem rebaixada reduzem ao mínimo as obstruções à vista do condutor para a estrada.

Motorização Híbrida Desportiva


Foram aproveitados todos os conhecimentos da Honda em termos de motores de altas performances e de tecnologias de motorizações híbridas eléctricas, bem como de Sistema de Tracção Integral "SuperHandling" (SH-AWD), para criar uma mecânica de elevadas prestações.


- LEIA TAMBÉM: Honda NSX Concept -


No coração das capacidades de performance do NSX está o novo motor V6 a 75 graus, de montagem em posição central no chassis, com cabeça DOHC e duplo turbo compressor, acoplado a uma transmissão DCT de 9 velocidades desenvolvida pela Honda.

O motor V6 emprega um conjunto de válvulas compacto, inspirado na competição e sistema de lubrificação por cárter seco para ajudar a baixar o centro de gravidade.

A novíssima transmissão DCT de 9 velocidades oferece mudanças super-rápidas e reduções em consonância com a rotação do motor.

O motor eléctrico traseiro de acção directa, alojado entre o motor e a transmissão, auxilia as acelerações, a travagem e a transmissão na realização das mudanças.

As rodas dianteiras do NSX são accionadas por dois motores eléctricos independentes de elevada potência, oferecendo respostas instantâneas de binário distribuindo-o de forma dinâmica entre a esquerda e a direita.

O NSX usa os motores eléctricos dianteiros para a vectorização dinâmica do binário adicionalmente à melhoria da aceleração e da travagem. O resultado é um arranque imediato, sem nenhum atraso, e uma maneabilidade com respostas que parecem adivinhar os desejos do condutor. O NSX foi sujeito a testes intensos nalgumas dos circuitos mais exigentes do mundo, incluindo a famosa pista de Nurburgring.


Carroçaria Avançada Multimaterial



Mantendo o legado do NSX – o primeiro super-carro em alumínio do mundo – o novo possui uma carroçaria multimateriais fabricada segundo um design inovador, com aplicações e processos de construção que são novidade a nível mundial.

Com a carroçaria ancorada num piso em fibra de carbono , o NSX utiliza um design de estrutura espacial: uma estrutura interna fabricada em alumínio, aço de resistência ultra-elevada e outros materiais avançados.

Os painéis da carroçaria são feitos numa combinação de alumínio e SMC (Sheet Molding Composite = Compósito de Moldagem de Folha).


Pack Desportivo Avançado



A colocação dos principais elementos da motorização – o motor central, os dois motores eléctricos dianteiros e o conjunto de baterias do sistema híbrido desportivo, bem com a unidade de controlo de potência – em locais optimizados, combinado com a carroçaria de baixo peso, origina um centro de gravidade bastante baixo.

Na realidade, o mais baixo da sua classe.

O NSX usa, tanto atrás como à frente, suspensões de alumínio totalmente independentes; toda a potência é posta na estrada através dos pneus de alta performance ContiSportContact – nas medidas 245/35Z R19 à frente e 295/30Z R20 atrás – montados em jantes de liga leve de 19x8,5 polegadas na dianteira e 20x11 polegadas na traseira.

A travagem é assegurada por pinças monobloco de 6 êmbolos à frente e de 4 êmbolos atrás, que actuam em discos de carbono-cerâmicos de elevada performance.

O Sistema de Tracção Integral "Super-Handling (SH-AWD) foi bastante melhorado e permite agora respostas super-rápidas a todos os comandos do condutor – direcção, travagem e aceleração – juntamente com a estabilidade, o controlo e o arranque proporcionados por um sistema de tracção integral.

O Sistema de Assistência à Condução Ágil (AHA - Agile Handling Assist) recorre à aplicação subtil de travagem para realçar ainda mais as respostas da carroçaria, em termos de sobre e subviragem.


Dimensões:


Comprimento: 4.470 mm
Largura: 1.940 mm
Altura: 1.215 mm
Distância entre eixos: 2.630 mm
Eixo dianteiro: 1.655 mm
Eixo traseiro: 1.615 mm


Sem comentários