Header Ads

Maio 2015: Vendas de automóveis novos em Portugal

- Em Maio de 2015 venderam-se 21.053 viaturas, incluindo pesados

- Mercado automóvel de 2015 ascende já ás 92.605 unidades

- Renault continua a ser a marca mais vendida mas há surpresas a partir do meio da tabela

- Quanto valem as vendas para rent-a-car e as matrículas sem transacção?





Maio
Janeiro a Maio

2015
2014
%Var
2015
2014
%Var
Lig Passageiros
18.343
13.782
33,1%
79.585
60.056
32,5%
Com Ligeiros
2.403
2.058
16,8%
11.490
9.854
16,6%
Total de Ligeiros
20.746
15.840
31,0%
91.075
69.910
30,3%
Total Pesados
307
184
66,8%
1.530
1.165
31,3%
Pes Mercadorias
283
171
65,5%
1.373
1.036
32,5%
Pes Passageiros
24
13
84,6%
157
129
21,7%
Total do Mercado
21.053
16.024
31,4%
92.605
71.075
30,3%

A venda de viaturas em Portugal continuou a crescer, de forma expressiva, durante o mês de Maio de 2015.

Os valores continuam inflacionados face à venda real de carros novos em Portugal, com muitas matrículas realizadas apenas nos últimos dias do mês.

Em Maio, o mercado de veículos ligeiros de passageiros e comerciais representou 20.746 unidades, um aumento de 31% relativamente a igual mês do ano anterior. Já soma 91.075 unidades nos primeiros cinco meses de 2015, valor que ultrapassa o número de viaturas registadas durante o mesmo período de 2011.

Estima-se que 20% deste mercado se destine a empresas de rent-a-car, a mesma dimensão que deverá ter o mercado que, na gíria, é chamado “km 0”, que permite a algumas marcas subirem várias posições na tabela de vendas.

A manter-se o ritmo de crescimento de 30,3%, o número total de veículos vendidos em 2015 deverá ultrapassar facilmente as 200 mil unidades.

Tabela de venda de automóveis novos em Portugal até Maio de 2015



Maio 2015
Janeiro a Maio

2015
2014
Variação
2015
2014
Variação
Renault
2.951
1.934
52,6
11.640
9.211
26,4
Peugeot
2.129
1.442
47,6
9.439
6.734
40,2
Volkswagen
2.063
1.646
25,3
8.590
6.440
33,4
Mercedes-Benz
1.357
988
37,3
6.460
4.858
33,0
Citroën
1.195
1.075
11,2
6.037
4.480
34,8
BMW
1.140
1.002
13,8
5.836
4.786
21,9
Opel
1.195
1.122
6,5
5.397
4.375
23,4
Nissan
1.141
642
77,7
4.754
3.041
56,3
Fiat
1.024
846
21,0
4.646
3.554
30,7
Ford
1.247
749
66,5
4.517
3.036
48,8
Audi
1.001
808
23,9
4.195
3.418
22,7
Toyota
568
586
-3,1
3.416
2.775
23,1
Seat
868
756
14,8
3.146
2.602
20,9
Dacia
392
337
16,3
1.955
1.503
30,1
Kia
361
301
19,9
1.679
1.043
61,0
Volvo
316
199
58,8
1.572
1.017
54,6
Skoda
382
258
48,1
1.295
1.108
16,9
Mitsubishi
200
152
31,6
1.183
923
28,2
Smart
243
94
158,5
1.083
636
70,3
MINI
153
153
0,0
974
629
54,8
Honda
140
160
-12,5
630
761
-17,2
Hyundai
168
96
75,0
618
460
34,3
Mazda
132
116
13,8
467
459
1,7
Land Rover
68
58
17,2
349
298
17,1
Alfa Romeo
99
59
67,8
333
384
-13,3
Iveco
80
45
77,8
262
248
5,6
Lexus
27
38
-28,9
145
123
17,9
Isuzu
17
21
-19,0
107
93
15,1
Jeep
27
8
237,5
100
43
132,6
Jaguar
19
18
5,6
86
74
16,2
Porsche
14
37
-62,2
60
147
-59,2
Suzuki
13
0
39
2
1850,0
Lancia
4
67
-94,0
38
304
-87,5
Maserati
4
0
11
0
Ferrari
2
1
100,0
6
6
0,0
DFM
3
0
3
0
Aston Martin
1
1
0,0
2
4
-50,0
Lamborghini
0
0
2
1
100,0
Bentley
0
0
1
1
0,0
Lotus
1
0
1
0
Piaggio
1
0
1
0
Chevrolet
0
24
-100,0
0
330
-100,0
Dodge
0
1
-100,0
0
3
-100,0
Total
20.746
15.840
31,0
91.075
69.910
30,3

Vendas por marcas


Segundo os dados fornecidos pela ACAP, Renault, Peugeot, Volkswagen, Mercedes-Benz, Citroën e BMW foram, por esta ordem, as seis marcas mais vendidas em Portugal.

Registo para a entrada, este ano, de novas marcas na tabela de vendas de ligeiros: Lotus, Aston Martin, Maserati, por exemplo. E ainda da DFM e Piaggio, por via de versões comerciais.

A honrosa quinta posição da Citroën deveu-se às vendas de comerciais, segmento no qual a marca francesa consegue ser a terceira mais vendida, logo atrás da Peugeot e da líder Renault.

Entre as marcas que já venderam mais de 1000 carros em 2015, a Smart é, percentualmente, a marca que mais cresce na classe dos ligeiros de passageiros: 70%.

Destaque ainda para as vendas da Mini, Jeep, Kia, Volvo e Nissan.

PUB

Sem comentários