Header Ads

APRESENTAÇÃO: Citroën C4 Picasso (MY 2014). Preços e características.

Depois de revelado no Salão de Genebra como protótipo, o concept TECHNOSPACE foi formalmente apresentado como o sucessor do actual Citroën Picasso. Quase inteiramente novo (se exceptuarmos algumas das soluções de motor), o monovolume de segmento médio da marca francesa assenta sobre uma igualmente nova plataforma modular eficiente (EMP2). Empreendendo uma profunda renovação estética, sobretudo ao nível da zona dianteira, tem proporções ligeiramente mais compactas do que o modelo actual (ver AQUI o ensaio ao C4 Picasso1.6 HDI CMP6), mas oferece mais espaço interior, com destaque para o incremento da capacidade da bagageira. As menores dimensões, o maior aerodinamismo, a redução de peso e uma melhor eficiência mecânica resultaram num valor de emissões de CO2 recorde de apenas 98 gr./km. Disponível a partir dos 25 618 euros. Todas as imagens, pormenores, características mecânicas e de equipamento vêm já a seguir.

Linhas dinâmicas, projectores tecnológicos como as ópticas traseiras com efeito 3D, inspiradas nos mais recentes "concept-cars" da Citroën e toda uma secção dianteira bastante expressiva, assim se caracteriza o novo Picasso. Frontalmente, o que mais se destaca é o conjunto de Leds para iluminação diurna colocados em cima das ópticas dianteiras, no seguimento da grelha identificativa e que engloba o símbolo do construtor gaulês.
Consoante o mercado ou o nível de equipamento, realce para as aplicações cromadas em redor da grelha e da superfície vidrada lateral.
Em termos de preços, a gama inicia-se nos 26 617,91 euros* da variante C4 Picasso 1.6 HDi 90 CVM Attraction, prolongando-se até aos 33 918,01 euros* do C4 Picasso 1.6 e-HDi 115 ETG6 Exclusive (uma tabela de preços mais pormenorizada em equipamento encontra-se no final deste texto).

NOVO CITROËN C4 PICASSO – PVP (*)

Nível de Equipamento

Motores
Attraction
Séduction
Intensive
Exclusive
1.6 HDi 90 CVM
€ 26 617,91



1.6 e-HDi 90 Airdream ETG6
€ 26 417,56
€ 27 118,04


1.6 e-HDi 90 Airdream ETG6

€ 29 217,57
€ 31 117,92

1.6 e-HDi 115 ETG6

€ 29 717,57
€ 31 617,92
€ 33 918,01
(*) Valores indicativos, incluindo TLTs e eco taxas

Estrutura mecânica e ganhos de peso em prol da economia

Com o uso da nova plataforma modular EMP2, o Picasso poderá vir a receber tecnologia Hybrid Air que concilia uma mecânica convencional a um sistema de ar comprimido para auxilio da propulsão e consequente redução de consumos.
No geral, o novo C4 Picasso foi aligeirado em 140 kg comparativamente à anterior geração. A nova plataforma EMP2 que  utiliza alumínio e aço THLE (de muito elevada elasticidade) em certas peças e uma secção traseira em materiais compósitos permitiram ganhar 70 kg. Os restantes 70 kg suplementares devêm-se à optimização de uma carroçaria mais compacta e ao uso de novos materiais, como o alumínio no capot, ou materiais compósitos no portão da bagageira, por exemplo.
Esta redução de peso, a aerodinâmica e uma gama de motores optimizados, resultam numa diminuição importante em termos de emissões e de consumos: ganharam-se, em média, 30 gramas em mais de 1 litro aos 100 km, comparativamente à anterior geração.
Por isso, o novo C4 Picasso é o primeiro monovolume compacto equipado com motorizações térmicas que garantem menos de 100 g/km de CO2. O valor de 98 g/km de CO2 é conseguido pelo bloco e-HDi 90 Airdream, dotado de caixa de seis velocidades pilotadas (ETG6), para um consumo misto de 3,8 l/100 km. Adicionalmente, a gama de motores inclui dois blocos a gasolina com 120 e 155 cv. As variantes diesel, equipadas com tecnologia Stop&Start, compreendem versões com 92 e 115 cv, com ou sem caixa manual pilotada. O bloco principal da gama e-HDi 115 regista 104 gramas de CO2 com a transmissão ETG6 (105 gramas de CO2 com caixa manual) e um consumo misto de 4 l /100 km.
Será ainda o primeiro modelo da Citroën a integrar um motor BlueHDi, que cumpre com as normas Euro 6: o BlueHDi 150, emite 110 g/km de CO2 e integra um módulo SCR (Selective Catalytic Reduction), a tecnologia mais eficaz para o tratamento de Nox (- 90 %) e redução das emissões de CO2 em todas as situações do quotidiano.
A caixa de seis velocidades manual, disponível para todas as variantes diesel (excepto HDi 90), completa-se com uma nova caixa de velocidades pilotada de seis relações, garantindo melhores prestações: a ETG6 (Efficient Tronic Gearbox 6 speeds), que está disponível com os motores e-HDi 90 e e-HDi 115.
Ela permite a escolha por parte do condutor do modo de operação (manual ou automatizado) em função das suas necessidades ou do ambiente. Esta caixa tem uma função de regulação e uma cartografia de pedal ideal para uma melhor dosagem, garantindo arranques suaves e uma condução mais agradável. Por outro lado, beneficia de uma modulação mais simples dos regimes de passagem em função das solicitações do condutor, para um maior dinamismo e conforto. É, também, mais eficiente graças às leis de passagem de velocidades optimizadas.
A oferta em termos de caixas de velocidades será completada por uma transmissão automática de 6 velocidades, que estará disponível no primeiro semestre de 2014.




Dimensões mais compactas garantem melhor habitabilidade

Com um comprimento de 4,43 metros, uma largura de 1,83 metros e uma altura de 1,61 metros, o novo Picasso tem alguns (poucos) centímetros a menos do que o actual C4 Picasso.
Apesar de ter menos 4 cm de comprimento, os 5,5 cm a mais de distância entre-eixos (2785 mm no novo C4 Picasso) beneficiaram a habitabilidade. Também  cresceu o volume da bagageira - mais quase 40 litros na capacidade - de 500 para 537 litros, segundo a norma VDA.referencial, ou 630 litros com os bancos da segunda fila puxados para a frente.
Para aumentar o espaço e a funcionalidade interior, o rebatimento das costas do banco do passageiro dianteiro, gera uma "mesa" e aumenta a possibilidade de se carregarem objectos com mais de 2,5 metros de comprimento.
Na segunda fila, os três bancos individuais têm a mesma largura, rebatem-se em formato plano e reclinam para um maior conforto, sendo também ajustáveis longitudinalmente.
Mantêm-se ou acrescentam-se espaços de arrumação sob os assentos dianteiros e nos painéis das portas, redes, tabuleiros nas costas dos assentos dianteiros com iluminação LED e alçapões no chão, aos pés dos passageiros da 2ª fila de bancos. Há também uma consola, removível em versões equipadas com uma caixa de velocidades pilotada, colocada entre os assentos do passageiro e condutor, para guarda de bens pessoais.

Habitáculo relaxante e tecnológico. Tablet controla funções principais do automóvel.


O interior é um convite ao bem-estar, para que cada passageiro sinta o prazer de viajar.
As viagens tornam-se momentos de relaxamento graças aos assentos frontais com função de massagem, um assento de passageiro Relax com extensão para as pernas e, em todos os bancos, um encosto de cabeça Relax para um melhor apoio do pescoço.
Um amplo e panorâmico pára-brisas e o grande tecto em vidro permitem-lhe uma relaxante luminosidade natural. Os revestimentos dos bancos e os forros das portas são em couro trabalhado e microfibra malhada, inspiram conforto e robustez.
Pode ainda contar com múltiplas tecnologias ao serviço do bem-estar, entre as quais um interface de condução 100 % táctil, contando com uma estrutura em torno de dois ecrãs: um "tablet" táctil de 7 polegadas e um ecrã panorâmico de 12 polegadas com alta definição.
Esta "tablet" de 7 polegadas está associado a 7 comandos de pressão que permitem comandar o conjunto das funções do veículo, nomeadamente a climatização, navegação e áudio, entre outras.
Já o ecrã panorâmico de 12 polegadas disponibiliza informações essenciais de condução e é configurável em qualquer momento pelo condutor de acordo com os seus desejos. Poderá optar entre informações de navegação ou de auxílio à condução. É personalizável e o condutor pode mesmo afixar as suas fotos pessoais ou definir um fundo de ecrã, carregando as imagens através de uma "pen" a partir da entrada USB.
Adicionalmente, para estar sempre contactável, o o C4 Picasso permite o acesso ao portal de aplicativos "Citroën Multicity Connect", operável a partir do « tablet » táctil de 7 polegadas. Apropriado para uma utilização num automóvel, as vários aplicações facilitam a vida do condutor e dos seus passageiros, permitindo encontrar o posto de combustível mais próximo, a pesquisa de um hotel ou um restaurante, ou mesmo informar-se sobre o estado do tempo nos próximos dias!
A secção central do painel de bordo contem uma entrada para "jacks", porta USB e uma tomada de 220V.

Por uma condução descontraída, fácil e segura

Entre outras funções úteis e práticas - como o acesso ao interior e arranque em mãos-livres (ADML), a abertura eléctrica da bagageira ou a câmara traseira de estacionamento -, o novo C4 Picasso propõe um conjunto de inovações:
- O sistema VISION 360. Graças a quatro câmaras, colocadas em redor do veículo, o condutor pode escolher várias vistas da viatura, como a visão de pássaro, apenas visão traseira ou visão panorâmica, esta muito prática para as saídas de garagens.
- O sistema PARK ASSIST, um auxiliar de estacionamento que ajuda o condutor no processo de busca por um espaço de estacionamento. Uma vez localizado, as manobras da direcção são automáticas, bastando ao condutor apenas gerir a aceleração e a travagem.
Em matéria de outras ajudas à condução ou de segurança, pode ainda encontrar-se um sistema de regulação de velocidade activo, que recorre a um radar localizado no pára-choques dianteiro. Este detecta e alerta para qualquer desaceleração do veículo que segue à frente, ao mesmo tempo que mantém uma distância constante actuando com o acelerador e o travão motor, num limite de mais ou menos 25 km/h. Uma vez que o caminho fique desimpedido, o automóvel retorna automaticamente a velocidade programada.
Um controlo de tracção inteligente melhora a motricidade nos pisos de reduzida aderência.
Os cintos de segurança activos do condutor e passageiro da frente estão equipados com motores que o bloqueiam automaticamente em caso de perigo. Em complemento, nomeadamente com o vídeo AFIL, o condutor é alertado para a transposição da linha delimita a estrada através de vibrações no próprio cinto.
O tratamento das imagens obtidas a partir de uma câmara em miniatura integrada no retrovisor interior gere o sistema automático dos faróis, ligando e desligando automaticamente os faróis de acordo com as condições de tráfego e de iluminação ambiente. Permite, também, pré-alertar para a transposição involuntária da faixa (vídeo AFIL).
Um sistema de vigilância de ângulo morto por ultra-sons informa o condutor da presença de um veículo nos ângulos mortos através de um diodo em cor laranja, colocado no canto do retrovisor exterior. Composto por quatro sensores colocados nos pára-choques frontal e traseiro, este sistema activo entre os 12 e os 140 km/h controla a zona delimitada na frente desde o retrovisor exterior, estendendo-se até cerca de 5 metros atrás do pára-choques traseiro e 3,5 metros na lateral do veículo.
Por fim, o Citroën eTouch, um serviço que integra, entre outros, um sistema de chamada de emergência e de assistência localizadas (de acordo com os países), dois serviços gratuitos e disponíveis 24 h por dia, 7 dias por semana, operando a partir de um cartão SIM integrado, que garante, em caso de incidente ou acidente, uma localização precisa e uma intervenção rápida dos serviços de socorro.

Sem comentários