Header Ads

Honda e General Motors anunciam parceria para a tecnologia de hidrogénio

Segundo este acordo de longo prazo, GM e Honda comprometem-se a colaborar e a partilhar conhecimentos, desenvolver economias de escala e estratégias comuns para o fornecimento de tecnologia de célula de combustível e armazenamento de hidrogénio. Existe ainda o compromisso para o desenvolvimento conjunto de novas infra-estruturas de reabastecimento, uma questão decisiva para a viabilidade futura de veículos movidos com célula de combustível.


Líderes reconhecidos em tecnologia de célula de combustível e recordistas no registo de novas patentes, neste âmbito, entre 2002 e 2012, os dois construtores dão um passo importante na redução da dependência do petróleo e no estabelecimento de uma mobilidade sustentável livre de emissões de CO2.
Neste capítulo, uma das grandes vantagens da célula de combustível dos veículos eléctricos é a autonomia e o menor tempo de reabastecimento, equivalentes aos de um carro a gasolina.
Em termos experimentais, cada uma das marcas tem uma prática forte nesta área.
Na GM, o projecto “Driveway”, lançado em 2007, acumulou cerca de 3 milhões de milhas na condução de uma frota de 119 veículos com motor a hidrogénio, superior a qualquer outro fabricante automóvel.
Quanto à Honda, 85 FCX foram postos a rodar nos Estados Unidos e no Japão a partir de 2002, incluindo o seu sucessor, o FCX Clarity, que recebeu a nomeação World Green Car em 2009.

-->

Sem comentários