Header Ads

Clube dos Pensadores discute o Automóvel com Carlos Barbosa

O Clube do Pensadores vai receber Carlos Barbosa, presidente do Automóvel Clube de Portugal e recém-eleito presidente do campeonato do mundo de ralis (WRC). O debate acontece dia 17 de Fevereiro às 21:30 no Hotel Holiday Inn, em Gaia. Os assuntos em debate são a importância do automóvel para o Orçamento de Estado, as recentes alterações ao código da Estrada, a sinistralidade, o aumento da idade do parque automóvel, o fim dos incentivos ao abate e, como não poderia deixar de acontecer na presença do principal responsável pelo mais importante evento desportivo automóvel que se realiza no nosso País, o futuro do Rali de Portugal. A moderação do debate, como é hábito, está a cargo de Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores.

Carlos Barbosa é presidente do ACP, o mais antigo, maior e mais importante clube automóvel em Portugal, fundado em 1903 pelo rei D. Carlos I.
É também presidente da Comissão WRC da Federação Internacional do Automóvel (FIA), a entidade responsável pela gestão do Campeonato Mundial de Ralis.
Enquanto dirigente máximo do ACP, Carlos Barbosa é igualmente presidente da Comissão Organizadora do Vodafone Rali de Portugal, evento que está garantido até 2016.
Carlos Barbosa foi também o co-fundador de um dos jornais mais importantes do País, o Correio da Manhã.
Pela primeira vez a debater o tema dos automóveis nos encontros que habitualmente realiza, o Clube dos Pensadores convidou um dos homens que mais sabe e mais defende os automobilistas em Portugal. Frontal, não raras vezes polémico e incómodo para muitos quando defende os interesses dos associados do Clube a que preside, Carlos Barbosa é um dos maiores críticos a algumas alterações ao Código de Estrada que vigoram desde 1 de Janeiro de 2014 (ler AQUI algumas das mais importantes dessas alterações). Nomeadamente a que diz respeito aos novos direitos dos ciclistas na estrada que, em seu entender, circulam na estrada sem cumprirem as regras e que deveriam ser obrigados a ter um seguro, tal como acontece com os automóveis.
Carlos Barbosa tem sido também um crítico permanente das perseguições fiscais feitas pelo Estado ao automóvel, acusando-o de encarar este negócio como a “galinha dos ovos de ouro” do Orçamento Geral.
Mas outros assuntos deverão ser debatidos como as portagens, a segurança, o envelhecimento do parque automóvel português e a necessidade do incentivo ao abate de veículos em fim de vida como forma de estímulo ou o preço e a fiscalidade dos combustíveis.
A discussão será como sempre orientada por Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores, que ganhou algum protagonismo durante um debate que contou com a presença do antigo Ministro Miguel Relvas, ou mais recentemente com a ministra da justiça Paula Teixeira da Cruz.

-->

1 comentário:

  1. Para vossa informação , o Clube dos Pensadores já tinha havido diversos incidentes uns mais mediáticos outros menos.

    Aquando da vinda de Jerónimo de Sousa houve uma ameaça de bomba e toda a gente teve que sair da sala e veio para a rua . Porém o debate fez-se depois de vir a policia.

    Bem! O que interessa e mais importante é a intervenção cívica e esclarecer as pessoas com a nossa opinião e ideias.

    Obrigado pela noticia e divulgação ao Cockpit

    ResponderEliminar