Header Ads

APRESENTAÇÃO: Citroën DS Wild Rubis Concept (2013)

Projectado em Paris, cidade das luzes e capital da moda e da joalharia, juntando tudo aquilo que ela contém de maravilhoso, universal, magnético e luminoso, o “concept car” Wild Rubis é uma nova expressão da linha DS. Adicionalmente ao estilo hipnótico e refinado de um rubi selvagem, capaz de proporcionar grande prazer visual, está uma tecnologia “Full-hybrid Plug-in” que lhe garante performances de destaque: 50 km de autonomia, 295 cv de potência, função “boost” e 43 g/km de emissões de CO2.


A última expressão da linha DS, a DS Wild Rubis, junta-se aos já conhecidos DS3 Cabrio, DS4, DS5 e concept Numéro 9, complementando uma série distinta que pretende estimular a imaginação e a emoção, num conceito que respira sofisticação através de um acabamento excepcional e extrema atenção aos detalhes.
Medindo 4,7 metros de comprimento, 1.95 metros de largura e 1.59 metros de altura, a mais recente criação da marca francesa destaca-se pela excepcionalmente longa distância entre eixos: 2,9 metros!
Grandes são igualmente as rodas montadas em jantes de 21 polegadas.
Numa primeira impressão, este protótipo começa por chamar à atenção pelas ópticas inéditas, compostas inteiramente por iluminação Led em três módulos de iluminação móvel. A rodear as luzes dianteiras estão os indicadores de mudança de direcção na parte inferior e uma assinatura de luz, em formato de diapasão, na sua periferia.
Como se se tratasse de uma jóia capaz de conferir ao Wild Rubis um visual forte, hipnótico e único...

Sussurro luminoso

Como que por magia, o olhar hipnótico do Wild Rubis ganha vida: os três módulos de iluminação dos projectores ligam-se e iluminam-se assim que ele se coloca em movimento, num conjunto que é acompanhado por elementos sonoros.
De facto, para estimular ainda mais a imaginação, este “concept car” “sussurra”! Na verdade, foram desenvolvidos sons cristalinos para ampliar as diferentes iluminações (faróis, indicadores de mudança de direcção...) e também sons mecatrónicos que acompanham o movimento dos três módulos de iluminação.
Sons tecnológicos e eficazes que salientam toda a técnica presente no Wild Rubis.

Tecnologia Híbrida Plug-In

A sua mecânica encontra-se equipada com um motor térmico 1.6 THP a gasolina, com uma potência de 225 cv.
Tal como acontece com o DS5, este propulsor está combinado com um motor eléctrico, localizado sob o trem traseiro do veículo, que desenvolve 70 cv de potência e que é alimentado por baterias de iões de lítio, recarregáveis numa tomada doméstica (“Plug-in”).
O Wild Rubis pode operar num modo 100% eléctrico (ZEV) com uma autonomia de 50 km. A agradabilidade e as sensações de condução não são colocadas em causa. Ao contrário, no caso de uma elevada solicitação do pedal acelerador e da imediata necessidade de binário, a função “boost” combina o binário do motor térmico com o do motor eléctrico, atingindo uma potência total de 295 cv.
Em forte aceleração, mas também no caso de diminuição da aderência, o veículo entra no módulo de quatro rodas motorizes: o motor eléctrico actua sobre as rodas traseiras e o motor térmico sobre as rodas dianteiras. Em condições particularmente difíceis, como por exemplo numa estrada a subir com neve, o condutor pode, ele próprio, seleccionar um modo 4x4.

Seguem-se todas características técnicas entretanto divulgadas:

Dimensões
- Comprimento: 4,70 metros
- Largura: 1,95 metros
- Altura: 1,59 metros
- Distância entre eixos: 2,9 metros
- Pneus 255/40 R21

Mecânica híbrida “plug-in”
- Motor a gasolina 1.6 THP: 225 cv (165 kW)
- Motor eléctrico no trem traseiro: 70 cv
- Modo ZEV: autonomia de 50 km
- Emissões de CO2: 43 g/km

Sem comentários