Header Ads

A Geely e a Detroit Electric estabelecem parceria para o fabrico de veículos eléctricos na China

A Geely Automobile Group, construtor chinês de automóveis que detém a marca sueca Volvo e a Detroit Electric Inc, uma reputada empresa americano de veículos eléctricos, anunciaram uma parceria estratégica para o desenvolvimento de veículos puramente eléctricos e de equipamento relacionado direccionados ao mercado chinês. Os primeiros modelos com estas características serão colocados à venda a partir de 2014, com uma autonomia que pode chegar aos 258 km. Este é o primeiro passo de uma nova estratégia das construtoras automóveis chinesas que, gradualmente, pretendem estender a comercialização de veículos eléctricos nos países ocidentais.

Após uma fase inicial de estudos de viabilidade e um programa de desenvolvimento que durou três anos, estas duas empresas seleccionaram um modelo já existente, o Geely Emgrand EC7, como a base para o desenvolvimento do primeiro automóvel chinês com locomoção inteiramente eléctrica.
Designado como “EC7-EV”, as vendas deste veículo deverão principiar no primeiro trimestre de 2014, tendo como destino inicial empresas e organismos públicos. As estimativas apontam vendas iniciais de cerca de 3.000 unidades nos primeiros 12 meses, crescendo para os 30.000 em três anos.
Calcula-se que o Geely EC7-EV possa oferecer uma autonomia de 165 km por carga, mas estuda-se a possibilidade de estender esse valor até aos 258 km, o que é bastante mais do que conseguem os modelos actualmente existentes.
Este carro pretende também ser líder em aceleração (de 0 a 100km/h em menos de oito segundos) e ter uma velocidade máxima superior a 200 km/h, graças a uma inovadora caixa de velocidades da Detroit Electric, projectada para proporcionar excepcionais níveis de eficiência energética.

Âmbito da parceria

Uma equipa de desenvolvimento conjunto e de engenharia foram criadas para trabalhar em conjunto no desenvolvimento de todas as áreas da solução de motores EV: motor eléctrico, sistemas de gestão dos veículos, gestão avançada da bateria e caixa de engrenagens de alto binário e dupla velocidade.
Além do motor, a parceria com a Detroit Electric cobre também aspectos do chassis, da segurança, da dinâmica e da integração de vários outros sistemas no novo automóvel.
A parceria estende-se ainda à fundação de uma empresa em joint venture destinada a fabricar os componentes críticos dos motores do EV e respectivas peças, situada perto da sede da Geely, em Hangzhou, capital da província de Zhejiang.
A Geely já detém seis fábricas de montagem e motores na China.
Quanto à Detroit Eletric, a empresa americana revelou recentemente a primeira produção de um modelo próprio, o SP:01. Com uma velocidade impressionante de 249 km/h e fazendo 3,7 segundos dos 0-100kmh, o SP:01 é o carro de produção, inteiramente eléctrico, mais rápido do mundo. À venda a partir de Agosto de 2013, será produzido na nova fábrica de produção da Detroit Electric em Wayne Country, Michigan, cuja capacidade anual é de 2.500 veículos.

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Sem comentários